A Minerva Foods (BEEF3) anunciou nesta quarta-feira (16) uma nova plataforma de comércio eletrônico para clientes e parceiros com o seu portfólio completo de produtos e entregas para toda a área de atendimento da companhia.

Segundo a Reuters, a primeira etapa da implementação será voltada para o público B2B, de empresa para empresa, mas a perspectiva é para que, em breve, o consumidor final também possa comprar diretamente pelo portal meuminerva.com.br.

“Já seguimos trabalhando para que pessoas físicas também possam transacionar na plataforma”, afirmou o diretor de operações da Minerva, Luís Ricardo Alves Luz, em nota.

Minerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtri
Minerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtriMinerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtri

B3

A companhia, líder em exportação de carne bovina na América do Sul e uma das maiores empresas na produção e comercialização de carne in natura e seus derivados na região, irá integrar a carteira 2020/2021 do índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 (ISE).

A inserção da Companhia no ISE reflete seu compromisso com as melhores práticas sociais, ambientais e de governança, tendo a sustentabilidade como um dos principais pilares em seu modelo de gestão. Exemplo disso, é o pioneirismo da Minerva Foods no monitoramento de riscos dos fornecedores indiretos por meio do Visipec; no monitoramento georreferenciado no bioma Cerrado e também no Bioma Chaco, no Paraguai.

A nova carteira vigorará de 04 de janeiro de 2021 a 30 de dezembro de 2021 e reúne 46 ações de 36 companhias. O ISE foi criado em 2005 e é uma ferramenta para análise comparativa da performance das empresas listadas na B3 sob o aspecto da sustentabilidade corporativa, baseada em eficiência econômica, equilíbrio ambiental, justiça social e governança corporativa.

Veja BEEF3 na Bolsa:

Minerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtri
Minerva (BEEF3): cia passa de prejuízo para lucro no 2ºtri
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: