A Linx (LINX3) contratou a BR Partners para dar um parecer ao comitê da companhia sobre uma oferta de combinação de negócios realizada pela Totvs (TOTS3).

De acordo com o documento, a Linx protocolou, em 4 de agosto, a minuta e justificação de incorporação da operação da proposta, que está sendo avaliada.

Linx (LINX3) diz negociar fusão com StoneCo; ações disparam

LINX3: Stone

Ocorre que Stone (STNE) e Totvs travam uma batalha para a compra da Linx.

Na última terça-feira (4), a Totvs anunciou uma oferta para pagar uma multa de R$ 100 milhões para a Linx, caso uma proposta que fez para fusão seja vetada posteriormente pelo órgão antitruste Cade.

Segundo a Totvs, o valor é parte da proposta que está em fase final de revisão e será levada aos conselheiros independentes da Linx nesta semana.

O valor

O valor seria pago se a proposta, após aprovação pelos acionistas de ambas as companhias, fosse rejeitada pelo Cade.

O anúncio acontece após a Linx ter estabelecido um ajuste no acordo assinado com a StoneCo, que fez ums proposta diferenciada ao da Totvs.

O novo acordo prevê redução do valor de uma multa que a Linx teria que pagar caso seus acionistas rejeitassem um acordo com a StoneCo, além de ajustes em outros termos do acordo.

A operação

A operação com a Totvs, se aprovada, resultará no recebimento pelos acionistas da Linx de 1 ação da Totvs e R$ 6,20 para cada papel da Linx que possuam, passando os acionistas da Linx a terem cerca de 24% do capital total e votante da Totvs.

“A transação possui um forte racional em razão da alta complementariedade de mercados, soluções e serviços, liquidação em uma importante criação de valor para as companhias, seus respectivos acionistas e colaboradores”, afirmou a Totvs no documento.

Veja LINX3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: