A JBS (JBSS3) publicou nesta quinta-feira uma carta do acionista SPS, que se mostra contra a proposta da BNDESPar de abrir nova ação indenizatória contra representantes da holding controladora J&F.

Segundo a Reuters, na carta o fundo SPS explica que a arbitragem que moveu já pede que a companhia seja indenizada por Joesley Batista, Wesley Batista, da família controladora, e executivos da holding J&F por danos que teriam causado à empresa.

JBS

A carta

A carta diz que “os procedimentos arbitrais já estão em fase avançada” e que “a sentença parcial unânime já reconheceu a legitimidade do SPS para pleitear em favor da JBS os danos sofridos pela companhia em razão dos ilícitos confessados nos acordos de colaboração”.

Por isso, a SPS alega que uma nova ação não traria qualquer vantagem para os acionistas da JBS.

Assembleia

O documento é revelado dias antes de uma assembleia de acionistas da JBS, em 30 de outubro, que vai votar entre outros temas uma proposta da BNDESPar, que pede que a companhia abra um procedimento arbitral contra controladores.

JBSS3: CRA

A JBS vai captar cerca de R$ 2 bilhões em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) lastreados em debêntures que serão emitidas pela companhia e compradas pela securitizadora RB Capital.

O conselho de administração da JBS aprovou a emissão na última segunda-feira (19), conforme ata enviada nesta quarta-feira pela empresa à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Os recursos da captação serão utilizados pela JBS para adquirir bovinos. Dona da Friboi, a empresa é a maior indústria de carne bovina do Brasil e do mundo.

Parte dos títulos de dívida vencerá em sete anos e outra parcela em dez anos.

Veja JBSS3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: