GVAngels e HoneyIsland realizam aporte em startup de empregabilidade Worc

Responsabilidade social, propósito e empregabilidade. Baseada nesses pilares, a startup Worc quer revolucionar o modelo de contratações operacionais para o mercado de trabalho no setor de foodservice por meio da inovação e da tecnologia.

Com algoritmos avançados e próprios de inteligência artificial para conseguir garantir o melhor e mais rápido match entre os estabelecimentos do foodservice e os candidatos para os trabalhos fixos ou sob demanda, atraiu investidores, a empresa levantou uma rodada Seed.

Negócios intercompany aliviam caixa de multinacionais no Brasil

A rodada

A rodada seed de investimento da Worc, liderada pelo Honey Island Capital e com coinvestimento de GVAngels, Bossa Nova e Renato Freitas (fundador da 99 e da Yellow) será fundamental para a startup se consolidar no mercado paulista, expandir território de atuação a nível nacional e auxiliar o Brasil na retomada do Covid-19, com a geração de oportunidades, empregos e renda no setor de foodservice, que movimenta R$185 bilhões anualmente no país.

Fundada em 2018  pelo empreendedor Alex Apter, a startup, que auxilia o foodservice nas contratações temporárias e fixas através de entrevistas imediatas, de acordo com a demanda pontual de cada estabelecimento, já empregou mais de 10 mil pessoas na capital paulista. Com o aporte, a empresa deverá expandir sua atuação no país,investir ainda mais em tecnologia e impactar todo o setor de contratações no segmento.

“Nosso objetivo é impactar mais de 70 mil pessoas e 1.000 estabelecimentos no setor de foodservice com este aporte nos próximos meses. Nós fornecemos um dos bens mais antigos da humanidade: o trabalho. No entanto, hoje, a tecnologia é essencial para que consigamos empregar em massa a população que perdeu seus empregos durante a pandemia. Nossos investidores enxergaram muito valor em nosso modelo de negócio e agora queremos alcançar mais profissionais e estabelecimentos e impactar todo o setor de foodservice” explica Alex Apter, CEO da Worc.

Ecossistema da FGV

A Worc é a primeira startup do ecossistema da FGV a passar pela trilha completa de empreendedorismo da Fundação. A Worc foi criada na Liga de Empreendedorismo da instituição em 2018, acelerada pela FGV Ventures e agora investida pelo grupo de investidores anjo formado por ex-alunos da FGV, o GVAngels. A startup também recebeu consultoria jurídica no âmbito da disciplina de Direito das Startups ministrada na escola de Direito da FGV-SP, em 2020.

“Escolhemos investir na Worc, pois ela reúne um conjunto de características importantes para alcançar o desenvolvimento e crescimento que esperamos: um time qualificado, com conhecimento do mercado e que pensa grande, ajuda a resolver um problema enorme tanto do lado do cliente quanto do lado dos candidatos e com avenidas de crescimento relevantes, tem um bom produto com diferenciais perante a concorrência, além de ter demonstrado resiliência em um momento delicado como o da pandemia, período em que conseguiu crescer em ambos os lados (B2B e B2C). Somado a isso, a Worc tem atuado junto à algumas comunidades mais carentes, o que gera um impacto social ainda maior”, destaca Vinícius Alves, investidor anjo e membro do GVAngels.

Honey Island

A Honey Island é um veículo de investimento criado pelos fundadores do EBANX para investir em empresas de tecnologia early-stage, e atua no estágio de investimento seed. Com um seleto time de especialistas e um portfólio composto por 13 startups investidas, espalhadas por São Paulo, Paraná e Santa Catarina, identificou um promissor futuro na Worc e decidiu apostar na startup, especialmente pela sua característica, de ser uma plataforma de emprego que entendem a necessidade dos clientes processo de recrutamento e cruza as informações com assertividade.

“Acreditamos que a Worc está resolvendo uma dor muito relevante de mercado tanto para os gestores de restaurantes quanto para a força de trabalho do setor. O fato de terem criado uma solução focada no mercado de foodservice faz com que entendam tudo sobre a dinâmica desse perfil de cliente, suas necessidades e consigam criar uma solução completa para o segmento, que chamamos de deep job platform, explica Mariana Foresti, sócia gestora da Honey Island Capital.

Associação

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (ABIA) com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e projeções da Food Consulting, o setor vai passar de uma queda de 32% em 2020 para uma alta de 22% a 25% em 2021.

Worc

Fundada por Alex Apter em 2018, a Worc é uma startup de empregabilidade, gestão e desenvolvimento de pessoas para o foodservice que já empregou mais de 10 mil profissionais em mais de 100 estabelecimentos na capital paulista. Com tecnologia exclusiva, auxilia os clientes a recrutarem, gerirem e pagarem seus colaboradores de maneira mais fácil e assertiva, otimizando e melhor alocando seus recursos.

  • Só clique aqui se você já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais