Grupo Soma (SOMA3) reporta lucro líquido de R$39,9 mi no 4º tri, alta de 3,1%

O Grupo Soma (SOMA3), do ramo de moda, divulgou na manhã desta sexta-feira (19) que teve lucro líquido de R$ 39,9 milhões no quarto trimestre de 2020, em alta de 3,1% em relação ao lucro líquido de R$ 38,7 milhões registrado no mesmo trimestre de 2019.

De acordo com o Valor, para o ano inteiro de 2020, teve prejuízo líquido de R$ 69,7 milhões, revertendo o lucro líquido de R$ 126,8 milhões em 2019.

A receita líquida da empresa no quarto trimestre de 2020 alcançou R$ 474,9 milhões, em alta de 28,8% sobre o resultado de um ano antes. No ano inteiro de 2020, a receita da companhia foi de R$ 1,24 bilhão, queda de 4,6% sobre 2019.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do quarto trimestre ficou em R$ 67,9 milhões, alta de 9,2% sobre o mesmo trimestre de 2019. Para 2020, o Ebitda do Grupo Soma alcançou R$ 10,19 milhões, um recuo de 95,3% sobre um ano antes.

Grupo de moda Soma movimenta R$1,82 bi em IPO
Grupo de moda Soma movimenta R$1,82 bi em IPO

Grupo Soma

O grupo de moda Soma chegou a um acordo para adquirir a Lauf, marca esportiva criada pelas empresárias Anna Guinle e Marina Rovery. A transação é de um pouco menos que R$ 5 milhões e vai ser assinada nos próximos dias, disse uma fonte ao Pipeline, site de negócios do Valor.

A aquisição é a primeira da Soma Ventures, iniciativa da companhia para incubar marcas menores. As duas fundadoras devem seguir na empresa, como diretoras de expansão da Lauf.

Segundo uma fonte, o Soma dá musculatura para a Lauf crescer. “Crescer custa muito. Ponto de venda, capital de giro”, exemplificou. Atualmente, a marca tem quatro lojas – em Brasília, Campinas, Belo Horizonte e São Paulo.

Veja SOMA3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais