Grupo Soma (SOMA3) reporta lucro líquido de R$39,9 mi no 4º tri, alta de 3,1%

O Grupo Soma (SOMA3), do ramo de moda, divulgou na manhã desta sexta-feira (19) que teve lucro líquido de R$ 39,9 milhões no quarto trimestre de 2020, em alta de 3,1% em relação ao lucro líquido de R$ 38,7 milhões registrado no mesmo trimestre de 2019.

De acordo com o Valor, para o ano inteiro de 2020, teve prejuízo líquido de R$ 69,7 milhões, revertendo o lucro líquido de R$ 126,8 milhões em 2019.

A receita líquida da empresa no quarto trimestre de 2020 alcançou R$ 474,9 milhões, em alta de 28,8% sobre o resultado de um ano antes. No ano inteiro de 2020, a receita da companhia foi de R$ 1,24 bilhão, queda de 4,6% sobre 2019.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) do quarto trimestre ficou em R$ 67,9 milhões, alta de 9,2% sobre o mesmo trimestre de 2019. Para 2020, o Ebitda do Grupo Soma alcançou R$ 10,19 milhões, um recuo de 95,3% sobre um ano antes.

Grupo de moda Soma movimenta R$1,82 bi em IPO
Grupo de moda Soma movimenta R$1,82 bi em IPO

Grupo Soma

O grupo de moda Soma chegou a um acordo para adquirir a Lauf, marca esportiva criada pelas empresárias Anna Guinle e Marina Rovery. A transação é de um pouco menos que R$ 5 milhões e vai ser assinada nos próximos dias, disse uma fonte ao Pipeline, site de negócios do Valor.

A aquisição é a primeira da Soma Ventures, iniciativa da companhia para incubar marcas menores. As duas fundadoras devem seguir na empresa, como diretoras de expansão da Lauf.

Segundo uma fonte, o Soma dá musculatura para a Lauf crescer. “Crescer custa muito. Ponto de venda, capital de giro”, exemplificou. Atualmente, a marca tem quatro lojas – em Brasília, Campinas, Belo Horizonte e São Paulo.

Veja SOMA3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais