A fabricante de painéis de madeira Guararapes, com sede em Santa Catarina, pediu nesta quarta-feira (16) o registro para realizar sua oferta inicial de ações (IPO).

Segundo a Reuters, a operação, a ser coordenada por Bank of America, BTG Pactual, XP, Citi, Bradesco BBI e UBS-BB, envolve a venda de ações novas, além de uma participação detida pelo fundo de investimento Brasil Agronegócio, da BRZ Investimentos.

IPO: prestadora de serviços marítimos OceanPact pede registro para oferta inicial

IPO: a companhia

A companhia, que se apresenta como uma das maiores fabricantes do país de produtos de madeira para o mercado de móveis, decoração e construção, informou no documento que vai usar os recursos da venda de ações novas investir no aumento da produção de compensado e painéis MDF, comprar rivais e reforçar o caixa e o capital de giro.

Criada em 1984, a Guararapes diz que atualmente exporta seus painéis para mais de 50 países a partir de quatro fábricas, com capacidade conjunta uma de MDF e duas de compensados, com capacidade de produção total de 600 mil metros cúbicos e 350 mil metros cúbicos por ano, respectivamente.

No prospecto preliminar da oferta, a Guararapes informa ainda que teve receita líquida de 458,4 milhões de reais nos primeiros nove meses de 2020, ante 405 milhões um ano antes.

Oferta Inicial

Oferta pública inicial é um tipo de oferta pública em que as ações de uma empresa são vendidas ao público em geral numa bolsa de valores pela primeira vez. É o processo pelo qual uma empresa se torna numa empresa de capital aberto.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: