Equatorial (EQTL3) reporta lucro líquido de R$2,2 bi em 2020, alta de 52%

A Equatorial (EQTL3) reportou lucro líquido de R$ 2,2 bilhões no acumulado de 2020, alta de 52% ante 2019, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, no quarto trimestre de 2020 a companhia obteve lucro líquido de R$ 928 milhões, salto 29% ante igual período do ano anterior.

Ainda no quarto trimestre, o volume total de energia distribuída atingiu 6.307 GWh, com crescimento consolidado de 1,7% em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, com destaque para o Maranhão, Piauí e Alagoas, que tiveram crescimento de 3,4%, 2,5% e 2,1%, respectivamente.

Já o Ebitida ajustado (lucro antes de impostos e amortizações) alcançou R$ 1,677 bilhões no trimestre, aumento de 34,8%, impactado principalmente pelas distribuidoras Equatorial Piauí, Maranhão e Alagoas.

Os indicadores ajustados excluem provisões com eventos não recorrentes, explica a companhia.

A Equatorial fechou o trimestre com R$ 7,7 bilhões de caixa consolidado, com dívida líquida / Ebitida de 2,1 vezes.

Equatorial (EQTL3) reporta lucro líquido de R$2,2 bi em 2020, alta de 52%

Equatorial

A companhia tem avaliado diversas oportunidades de investimento em expansão, disse nesta quinta-feira o presidente da companhia, Augusto Miranda, que admitiu um possível interesse pelas privatizações da empresa de saneamento Cedae e da distribuidora de energia elétrica CEEE-D.

Segundo a Reuters, a Cedae está em preparação para desestatização pelo governo do Rio de janeiro, enquanto a CEEE-D tem licitação para venda do controle já agendada pelo governo do Rio Grande do Sul para 31 de março.

“Cedae não tem nada definido, temos que seguir todo o rito, depois subir para (análise do) conselho. Olhar, a gente tem que olhar, a gente olha, mas não tem nenhuma deliberação ainda. A mesma coisa com a CEEE”, afirmou Miranda, durante teleconferência de resultados com investidores e analistas.

Mais cedo, ele destacou o apetite da Equatorial por novos negócios.

“Recentemente estruturamos a área de M&A (fusões e aquisições), dando mais robustez. Estamos analisando hoje um ‘pipeline’ de projetos muito mais extenso”, disse o CEO, sem abrir detalhes.

Veja EQTL3 na Bolsa:

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais