Depoimento de Pazuello na CPI da Covid-19 movimenta mercado financeiro

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, será ouvido nesta quarta-feira (19) pela comissão de inquérito

O general de divisão do Exército Brasileiro, Eduardo Pazuello, irá depor para a Comissão Parlamentar de Inquérito sobre a gestão e enfrentamento do Brasil durante a pandemia do novo conoravírus (Covid-19). O depoimento do ex-ministro da saúde é uma das falas mais aguardadas, uma vez que, foi em seu comando que ocorreu os momentos mais críticos da doença.

A princípio, investidores estão acompanhando as investigações. Por consequência, a comissão parlamentar e seus desdobramentos podem desestabilizar o governo, dessa forma, abalando também o mercado financeiro.

Outros Fatores

Além do depoimento de Pazuello, a inflação brasileira também é um problema. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nesta quarta-feira (19) uma prévia do IGP-M (Geral de Preços – Mercado) de maio, com uma alta de 3,83%. Da mesma forma, a prévia divulgada anteriormente já havia surpreendido os economistas.

A inflação volta a ser a questão central nos debates. O mercado aguarda o documento americano para revelar preocupação por parte dos membros do Federal Reserve quanto à aceleração dos índices de preços do país.

A alta dos preços no Brasil tem elevado as expectativas de inflação. O rendimento dos títulos americanos de 10 anos voltou a subir. Além disso, o rendimento subiu 5,2% desde semana passada.

Pazuello na CPI é o que mais move o mercado

Nasdaq em baixa, Ouro em alta

O ouro, que é uma alternativa para reserva de valor em épocas de inflação, voltou a subir nesses últimos dias. Chegando a alcançar uma máxima dentro de um período de quatro meses. O metal precioso chegou a uma alta de 5%.

Entretanto, o efeito oposto ocorreu com o índice Nasdaq. Desse modo, investidores têm medo que as taxas de juros fiquem mais caras para o financiamento de projetos ambiciosos do setor. O índice tem perdas de 4,7% no mês, da mesma forma, o principal indicador de ações do mercado americano, o S&P500, tem queda de 1,3%.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais