A B3 determinou que a Linx adote medidas cabíveis para garantir que seus acionistas deliberem sobre a dispensa da adesão da StoneCo ao segmento Novo Mercado sem que lhes seja imposto qualquer tipo de ônus, de acordo com fato relevante da empresa de softwares.

No entendimento da Diretoria de Emissores da B3, o item do Acordo de Associação entre Linx e Stone “que trata da aplicação de multa pela não aprovação da adesão da STNE ao Novo Mercado é incompatível com os princípios que norteiam tal segmento, caracterizando infração ao seu Regulamento”.

Segundo a Reuters, o conselho da Linx aprovou no começo de outubro protocolo para ser incorporada pela companhia de meios de pagamentos StoneCo e marcou para 17 de novembro assembleia de acionistas para aprovação do negócio anunciado em agosto.

Linx

Guerra inacabada

A Ágora acredita que a guerra entre a Stone e a Totvs (TOTS3) pela Linx (LINX3) talvez não tenha acabado.

De acordo com a corretora, as informações de que a Stone não considera aumentar sua oferta por enquanto, já que acredita que os termos já são atraentes contrastam com as expectativas da Totvs que mostra movimentos para aumentar suas chances de sucesso no processo.

“No entanto, ressaltamos que não descartamos guerra de licitações, uma vez que as sinergias divulgadas pela Totvs abrem as portas para um aumento de R$ 500 milhões em relação ao que estimamos, o que pode levar a Stone a rever sua oferta”, informou a Ágora.

A corretora está aguardado por cenas dos próximos capítulos.

Veja LINX3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: