4 investimentos que podem ser uma grande roubada, mesmo não parecendo

Veja como se precaver de investimentos ruins que podem não levar a nada ou até mesmo gerar prejuízos

Não é muito difícil se deparar com ofertas de investimentos que prometem os melhores retornos do mundo de forma rápida, dinheiro fácil e riqueza instantânea praticamente infalível.

No entanto, essas promessas, que na sua maioria são falsas, podem ser armadilhas. Com isso, elas podem não trazer ganho efetivo nenhum ou até gerar prejuízos ao investidor.

Por isso, os investidores precisam ficar cada vez mais atentos e informados, pois, mesmo que o mercado procure, o investimento perfeito ainda não foi inventado.

Poupança

Desde 2012, a rentabilidade da poupança está diretamente ligada ao desempenho da taxa básica de juros, a famosa Selic.

Portanto, quando o índice estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, a poupança rende 70% da Selic mais a Taxa Referencial (TR). No entanto, quando a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% ao mês, mais a TR.

Vale lembrar que a TR está zerada há anos. Além disso, atualmente, a poupança (que está em  2,97% ao ano), não consegue nem vencer a inflação, que está em 8,35% no acumulado de 12 meses. Sendo assim, essa chega a render menos que o Tesouro Selic, mesmo pagando a maior tributação.

Consórcios

Geralmente, esse tipo de investimento oferece prestações mais baratas do que um financiamento ou até mesmo um empréstimo. Isso acaba chamando a atenção de quem busca comprar um imóvel, um veículo ou qualquer outro bem que custe um pouco mais caro.

Dessa forma, o consórcio cria um grupo de pessoas com os mesmos interesses, que pagam valores mensais, destinados a um fundo comum. O fundo é responsável por comprar os bens para todos os participantes do grupo. No entanto, a armadilha tem a questão: quem recebe primeiro o valor? Normalmente, são feitos sorteios, que funcionam quase como um jogo.

O investidor pode sair no sorteio de primeira, assim como demorar anos para ser contemplado. Além disso, ele corre o risco de sair no prejuízo, caso os outros participantes do grupo deixem de pagar o consórcio depois de já terem sido premiadas.

4 investimentos que podem ser uma grande roubada, mesmo não parecendo
Investimentos que podem ser uma grande roubada

Investimentos em quartos de hotéis

É sim possível investir em quartos de hotéis. Pode parecer que não (por ser um investimento pouco famoso), mas esse modelo atrai diversas pessoas interessadas no  setor hoteleiro.

O investimento funciona da seguinte forma: a pessoa interessada pode escolher entre investir em um grupo de quartos ou em um quarto individual. Os lucros vêm dos cálculos sobre os aluguéis. O valor distribuído entre os investidores já exclui os custos do hotel na manutenção dos quartos.

No caso de apenas um quarto, as chances de lucro são ainda menores, uma vez que há o risco do mesmo ficar desocupado por muito tempo. A roubada fica ainda maior quando o investidor decide se desfazer do investimento, porque a liquidez (tempo para resgatar) desse tipo de produto é baixa.

COE – Certificado de Operações Estruturadas

Esse tipo de investimento tenta juntar operações de renda fixa com renda variável. Por isso, ele acaba atraindo muitas pessoas que desejam o melhor dos dois mundos. Muita rentabilidade sem riscos.

No entanto, de acordo com uma pesquisa realizada pela FGV, cerca de 90% dos COE negociados aos investidores apresentaram retorno abaixo da taxa Selic. Ou seja, rende menos do que os ativos normais, além de não oferecer toda a proteção que é propagada.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais