O conselho de administração da PetroRio (PRIO3) aprovou nesta terça-feira (15) o início dos trabalhos para realização de oferta pública de ações com esforços restritos, visando a captar cerca de 250 milhões de dólares.

“Uma vez liquidada a oferta, os recursos líquidos obtidos com a emissão de ações serão utilizados para investimentos nos ativos da companhia e potenciais novos negócios”, afirmou a petroleira em fato relevante.

PetroRio (PRIO3) emite notas representativas de dívida da PetroRio Lux

Aquisição

A PetroRio anunciou recentemente a aquisição de participação em dois campos de petróleo, expandindo as reservas que têm em mãos e sua capacidade de produção.

A empresa fechou um acordo com a britânica BP para a aquisição das participações de 35,7% no campo de Wahoo e de 60% no campo de Itaipu por US$ 100 milhões, tornando-se a operadora de ambos.

O campo de Wahoo foi bastante destacado pela PetroRio em seu comunicado. Ainda pré-operacional, as projeções indicam que ele tem o potencial de produzir mais de 140 milhões de barris.

A PetroRio citou a proximidade dele a um de seus principais ativos, o campo de Frade, onde ela já tem um FPSO, navio-plataforma que pode produzir, armazenar e transferir petróleo e gás. A empresa pretende compartilhar a infraestrutura, dado que a distância entre os dois campos é de apenas 35 quilômetros.

“Com o desenvolvimento do campo, a companhia formará mais um cluster [combinação] de produção, e compartilhará toda a infraestrutura com o campo de Frade (inclusive o FPSO), possibilitando assim a captura de diversas sinergias resultando em mais uma forte e sustentável redução de lifting cost [custos de extração], sempre mantendo os mais altos padrões de segurança e eficiência”, diz trecho do comunicado.

Veja PRIO3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: