Mosaico (MOSI3): XP recomenda Compra com preço-alvo em R$38 por ação

A XP Investimentos analisou o ativo Mosaico (MOSI3) em seu portfólio e optou por recomendar Compra com preço-alvo em R$ 38 por ação.

Para a gestora, a Mosaico reportou resultados fracos referentes ao quarto trimestre de 2020, mas em linha com as estimativas de Receita e EBITDA e com Lucro bastante acima do esperado pela XP por conta de um impacto positivo não recorrente de um imposto diferido decorrente do prejuízo fiscal de exercícios anteriores.

“Esperamos uma reação neutra/negativa do mercado. Conforme havíamos antecipado no nosso início de cobertura, já esperávamos um resultado mais fraco, com uma desaceleração de crescimento relevante, por conta da antecipação de consumo da categoria de eletrônicos e linha branca ao longo do ano, levando a um perfil de compras atípico na Black Friday”, disse.

E acrescentou: “vemos uma tendência positiva para frente devido sinalização dos principais players de ecommerce de uma manutenção de forte crescimento de GMV no primeiro trimestre de 2021, com BTOW tendo divulgado um crescimento de ~90% A/A nos primeiros dois meses do ano e Magalu mantendo crescimento triplo dígito.”

Mosaico (MOSI3): XP recomenda Compra comm preço-alvo em R$38 por ação

Mosaico

A Mosaico (MOSI3) reportou lucro líquido de R$ 26,5 milhões no quarto trimestre, queda de 57,2% ante igual período do ano anterior, conforme relatório encaminhado ao mercado.

De acordo com o documento, a plataforma de comércio eletrônico no quarto trimestre de 2019 havia reportado lucro líquido de R$ 62 milhões.

Já no acumulado do ano a empresa obteve lucro líquido de R$ 60,4 milhões, recuo de 5,5% ante 2019.

Em relação ao trimestre, a companhia informou que o resultado foi impactado pela compra do Buscapé e o efeito do imposto diferido decorrente do prejuízo fiscal de exercícios anteriores.

A receita líquida, por outro lado, avançou 29,5%, para R$ 70,6 milhões. Entre janeiro e dezembro, a alta foi de 103,1%, para R$ 113,8 milhões.

Enquanto isso, o lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 12 milhões na análise trimestral, um recuo de 77,7% ante 2019.

As vendas brutas totais (GMV, na sigla em inglês) originadas para os lojistas parceiros foram de R$ 1,2 bilhão no período, alta de 37,3% no comparativo anual, enquanto a média de visitantes únicos cresceu 40,9%, para 30,5 milhões.

A Mosaico recebeu 960,5 milhões de visitas em 2020, um crescimento de 124,9% ante 2019.

  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Leia mais