Investidores moderados ou agressivos sabem que é prudente ter uma parte do portfólio no exterior.

Uma boa opção para os brasileiros é o IVVB11, um ETF composto por ativos listados na S&P500, ou seja, um fundo de índice.

Com ele é possível alocar nas principais empresas dos EUA sem sair do país. Isso por si só eleva o IVVB11 à categoria de aporte de proteção. Ou só para rebalancear a carteira mesmo.

Investimentos

Popularidade

Para muitos investidores brasileiros, o IVVB11 é a porta de entrada para se investir no exterior. Isso por sua funcionalidade e praticidade.

Trata-se de um fundo de índice (ETF) negociado no B3 que replica, em reais, uma performance do S&P500 – o índice americano que reúne as 500 maiores sociedades de capital aberto dos EUA.

Não há necessidade de abrir conta em corretora para acessar este veículo de investimento.

Câmbio

O IVVB11 proporciona duas formas de retorno. Por meio dele, pode-se obter acesso tanto à variação cambial quanto aos investimentos nas 500 maiores empresas americanas.

Isso porque a cotação do IVVB11 é diretamente impactada pela variação do dólar.

E se você não sabe a importância do S&P500, é importante compreender que em conjunto com os outros dois grandes índices da bolsa americana, tais como o Dow Jones e o Nasdaq, ele forma uma tríade que todo investidor analisa para saber o momento do mercado mundial.

Por isso, mesmo que não invista nele, ainda, é importante estar atento a ele!

Mas, se pensa em investir, vale ressaltar que a combinação entre IVVB11 e S&P500 é a seguinte: quanto maior o valor de mercado de uma empresa, maior será sua participação no S&P500. No jargão do mercado, se diz que maior será o “peso” da empresa no índice.

S&P500 X Dow Jones

É consenso entre a maioria dos analistas que o O S&P500 se diferencia do índice Dow Jones por ser muito mais amplo.

Isso porque o índice Dow considera apenas as 30 maiores empresas americanas. Enquanto isso, o da S&P, considera 500 sociedades.

Assim, este é um índice muito mais diversificado. Além disso, a empresa com maior participação terá um peso apenas marginal no resultado do índice.

IVVB11: funcionamento

O índice é negociado na bolsa de valores brasileira, a B3, e pode ser comprado facilmente através de qualquer corretora.

Sua negociação ocorre abertamente no pregão, assim como qualquer ação. Porém, a diferença nesse caso é que não são negociadas ações, e sim cotas do fundo.

A única diferença, no entanto, está na cobrança de uma taxa de administração. Atualmente, a taxa de administração do IVVB11 é de 0,24% ao ano. O valor é construído automaticamente do capital investido do fundo.

Vantagens do IVVB11

De acordo comm analistas consultados, as principais vantagens são:

  1. proteção cambial.

No caso de uma alta do dólar o índice tende a valorizar. Logo, comprar esse ativo pode funcionar como uma estratégia de hedge cambial.

  • Exposição a países e economias mais estáveis.

O Brasil possui uma economia que ainda é bastante volátil. A economia americana, por sua maior estabilidade, se torna ideal para o investimento em ações com baixa volatilidade.

  • Diversificação global

Investir em empresas gigantes no mundo todo reduz a sua exposição ao risco da economia brasileira.

  • Diversificação setorial

Por ser composto por 500 empresas, este é um ativo mega diversificado, contendo ações de variados setores da economia.

Desvantagens do IVVB11

Ainda segundo analistas consultados, as principais desvantagens são:

  1. Ausência de dividendos.

Por ser um fundo de índice, não são divididos. Os dividendos do IVVB11 distribuídos pela empresa são reinvestidos no próprio fundo.

  • Impossibilidade de escolher ativos

Investindo em um ETF, não é possível escolher como empresas em primeiro lugar. Ou seja, ao aplicar no ETF IVVB11, você não estará se exposto a empresas individualmente, mas sim a um grupo de empresas americanas. Se você deseja aplicar um filtro maior e selecionar algumas empresas para investir, é recomendado realizar a seleção de ações.

Vale a pena?

De acordo com especialistas, mesmo com suas limitações, investir no IVVB11 pode ser uma ótima alternativa para diversificar carteira com ativos internacionais – principalmente para quem ainda não investe no exterior.

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: