O GPA (PCAR3) anunciou nesta quarta-feira (9) estudos para a cisão de seu braço de atacarejo Assaí e posterior listagem da companhia B3 e Bolsa de Nova York, mas sem IPO.

Segundo a Reuters, a listagem do Assaí na bolsa, porém, não será acompanhada de uma oferta de ações (IPO).

De acordo com fato relevante, a cisão será precedida da transferência da participação hoje detida pelo Assaí na Almacenes Éxito para o GPA.

Bolsa: GPA (PCAR3) vai cindir Assaí com listagem B3 e Nyse;

PCAR3: previsão

A previsão é de que o negócio seja concluído até março de 2021, disse o co-vice-presidente do conselho de administração do GPA Ronaldo Iabrudi.

“O propósito da transação é liberar potencial dos negócios de cash & carry e do varejo tradicional da companhia, permitindo que operem de forma autônoma, com administração separada e foco nos seus modelos de negócios”, afirmou o Iabrudi em teleconferência com jornalistas.

A varejista afirmou ainda que a transação permitirá que cada negócio tenha acesso direto ao mercado de capitais e outras fontes de financiamento.

Assim, após concluída a cisão e a listagem, o grupo francês Casino terá uma participação de cerca de 41% em ambas as sociedades, com o restante do capital distribuído no mercado.

Veja PCAR3 na Bolsa:

IPO da Petz

A rede de produtos para animais Petz, controlado pela empresa de private equity Warburg Pincus, movimentou R$ 3,03 bilhões em sua oferta inicial de ações (IPO) nesta quarta-feira (9).

Uma operação foi precificada a R$ 13,75 por ação, dentro da faixa estimada de preço para o IPO era entre R$ 12,25 e R$ 15,25.

Segundo a Reuters, a Petz planeja usar os recursos da oferta primária para abrir novas lojas e hospitais veterinários. Atualmente a empresa tem 110 lojas.

Itaú BBA, Santander Brasil, Bank of America, JPMorgan e BTG Pactual coordenam uma oferta.

Apesar da crise do coronavírus, as vendas da Petz aumentaram 36,6% no primeiro semestre antem mesma etapa de 2019, a 731,6 milhões de reais, com a abertura de novas lojas e o aumento das vendas online.

IPO da rede de pet shop Petz pode movimentar ate R$ 3,4 bi
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: