Ações fracionadas: o que são, como funcionam e quais as vantagens

O mercado fracionário é mais democrático e permite que os investidores diversifiquem suas carteiras

Quando o assunto é começar a investir na renda variável, uma parte muito importante são as ações fracionadas. Com elas, o investidor pode aportar uma quantia menor se comparado a um lote completo de uma empresa. 

Sendo assim, ao contrário de pagar por um lote padrão de 100 unidades, como os investidores mais experientes e qualificados costumam fazer, a compra fracionada possibilita que o investidor adquira um número menor de ações. No entanto, esses papéis detém uma liquidez inferior frente ao mercado à vista.

Quer saber mais sobre o mercado fracionário? Então, confira a seguir:

O que são ações fracionadas?

Em resumo, as ações fracionadas são negociadas no mercado fracionário, onde os investidores podem adquirir uma quantidade menor do que 100 ações, número padrão da Bolsa de Valores (B3).

Isto é, os investidores podem comprar entre 1 e 99 ações. Logo, eles conseguem selecionar a quantidade de papéis que quiserem. Por exemplo, 5, 20, 33 ou 80 ações.

Aos investidores iniciantes que não detém muito capital para começar adquirindo um lote inteiro, o mercado fracionário pode ser uma boa opção. Afinal, à vista são negociadas somente ações no lote padrão, que costumam ser múltiplos de 100.

Vantagens do mercado fracionário

Em primeiro lugar, a possibilidade de investir com pouco capital é um benefício e tanto para alguns investidores, que costumam ser atraídos para a Bolsa de Valores por esse aspecto.

Portanto, o mercado fracionário acaba sendo mais democrático. Além disso, permite que os investidores diversifiquem suas carteiras com mais facilidade.

 Ações fracionadas: entenda como funciona
B3; Bolsa; Bovespa; Painel

Desvantagens do mercado fracionário

Em contrapartida, um aspecto que chama atenção dos investidores é a baixa liquidez das ações fracionadas. No entanto, para aqueles que investem a longo prazo, isso não detém tanta importância. Posto que, a intenção é permanecer com os papéis por muitos anos.

Sendo assim, para os investidores de curto prazo, a baixa liquidez é desvantajoso. Isso porque o investidor pode encontrar dificuldades na hora de vender rapidamente as ações.

Além disso, no mercado fracionário, o spread é superior do que no mercado à vista. Para finalizar, o valor da taxa de corretagem de algumas corretoras pode pesar para o investidor.

Como investir em ações fracionadas?

Desse modo, o processo de compra das ações fracionadas se assemelham ao investimento em um lote por inteiro. Logo, basta acessar o home broker, selecionar o ticker de preferência e adicionar a letra F, que indica que é uma ação fracionada. 

Vale destacar que, antes de adquirir qualquer ação no mercado, o investidor deve analisar a empresa, dando preferência a  uma análise fundamentalista. Por conseguinte, é possível identificar as empresas que detém bons fundamentos e potencial de crescimento.

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais