O Magazine Luiza (MGLU3) anunciou nesta quinta-feira (15) a compra da plataforma de cursos ComSchool, por valor não revelado, buscando ampliar e fortalecer a capacidade de negócios dos 32 mil vendedores cadastrados em seu marketplace.

Fundada em 2008, a ComSchool oferece cerca de 200 cursos nas áreas de marketing digital, e-commerce e redes sociais.

Magazine Luiza (MGLU3) compra escola digital de negócios ComSchool

MGLU3: a plataforma

A plataforma tem cursos desde gratuitos até treinamentos de R$ 7 mil. Agora, oferecerá também cursos de capacitação para vendedores do marketplace, ensinando-os a gerirem seus negócios e a venderem mais.

Segundo o diretor de marketplace do Magazine Luiza, Leandro Soares, o canal servirá também para ajudar empreendedores com operações analógicas a aprenderem sobre e-commerce e negócios digitais, potencializando a base de vendedores no marketplace.

“O Brasil tem cerca de cinco milhões de vendedores com negócios estritamente físicos, e parte do nosso plano é ensinar esses empreendedores sobre comércio eletrônico e trazê-los para dentro do nosso marketplace”, disse Soares, explicando que oferecerá aos associados preços vantajosos para os cursos.

Quatro atuais sócios

A plataforma, com 25 funcionários, seguirá dirigida pelos quatro atuais sócios, incluindo Maurício Salvador.

Nos últimos meses, o Magazine Luiza comprou as startups AiQFome, Hubsales e Stoq, a plataforma de mídia da Inloco e o site de notícias de tecnologia Canaltech, após ter captado em novembro passado R$ 4,2 bilhões numa oferta de ações.

Defensor público

O defensor público da União Jovino Bento Júnior pediu afastamento do trabalho e proteção policial. Ele se tornou nacionalmente conhecido por mover uma ação contra o programa de trainees exclusivo para negros da rede de lojas Magazine Luiza.

A informação é do jornal O Globo. Segundo documento obtido pelo periódico, Júnior afirmou que ele e sua família vêm sofrendo ataques e ameaças na internet.

A ação movida por Júnior contra a rede de lojas foi amplamente criticada por especialistas ouvidos pela ConJur e por colegas da Defensoria Pública da União.

Veja MGLU3 na Bolsa:

Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: