Wall Street cai na semana: S&P em -2,1%

Nasdaq ficou em queda 2,14% aos 13.351 nesta quinta-feira

A bolsa de Nova York fechou em queda nesta sexta-feira. Os investidores analisaram os balanços dos principais bancos e não arriscaram como feriado de Páscoa.

No radar ficaram os números das vendas no varejo, os pedidos iniciais de auxílio-desemprego e o sentimento do Consumidor da Universidade de Michigan.

Ao final, o Dow Jones caiu 0,33% aos 34.451. O S&P ficou em queda de 1,21% aos 4.392. O Nasdaq ficou em queda 2,14% aos 13.351. Na semana, o Dow Jones caiu 0,8%, o S&P caiu 2,1%, o Nasdaq caiu 2,6%, perdeu 0,8%.

Os rendimentos dos Treasuries de 10 anos subiram 12 pontos base para ficar em 2,808%.

As expectativas estavam elevadas para os resultados financeiros dos grandes bancos americanos.

As ações do Morgan Stanley, por exemplo, ficaram valorizadas em 0,8% depois das metas de lucro e receita.

Investir melhor e com credibilidade? É só clicar aqui

As ações do Wells Fargo & Co. caíram 4,5%, com o banco superando o lucro mas a receita abaixo do esperado.

As ações do Citigroup Inc. subiram 1,6%, com a queda de 46% no lucro. Os ganhos de receita acima do esperado.

As ações do Goldman Sachs Group Inc. caíram 0,1% depois que o lucro e a receita caíram, mas superaram as expectativas dos analistas.

Por fim, as ações de tecnologia foram as mais castigadas. Notícias sobre as interrupções na cadeia de suprimentos pesaram nas ações da Apple, queda em 3,0%.

As ações do Twitter foram na contramão do que se esperava, queda em 1,7%. Elon Musk ofereceu US$ 43 bilhões pela empresa de rede social.

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.