Produção de Aço Bruto cai 2,2% até maio

Vendas internas foram de 8,5 milhões de toneladas

A produção brasileira de aço bruto foi de 14,5 milhões de toneladas no acumulado de janeiro a maio de 2022, o que representa uma queda de 2,2% frente ao mesmo período do ano anterior.

A produção de laminados no mesmo período foi de 10,1 milhões de toneladas, redução de 8,5% em relação ao registrado no mesmo acumulado de 2021.

A produção de semiacabados para vendas totalizou 3,6 milhões de toneladas de janeiro a maio de 2022, um acréscimo de 7,2% na mesma base de comparação, isso por conta de uma perda que ocorre durante o processo produtivo do aço, a soma da produção de laminados e semiacabados para vendas não equivale ao total da produção de aço bruto.

As vendas internas foram de 8,5 milhões de toneladas de janeiro a maio de 2022, o que representa uma retração de 14,7% quando comparada com o apurado em igual período do ano anterior.

O consumo aparente nacional de produtos siderúrgicos foi de 9,8 milhões de toneladas no acumulado até maio de 2022. Este resultado representa uma queda de 14,6% frente ao registrado no mesmo período de 2021.

As importações alcançaram 1,3 milhão toneladas no acumulado até maio de 2022, uma redução de 32,1% frente ao mesmo período do ano anterior. Em valor, as importações atingiram US$ 2,0 bilhões e avançaram 9,5% no mesmo período de comparação.

As exportações de janeiro a maio de 2022 atingiram 5,6 milhões de toneladas, ou US$ 4,8 bilhões. Esses valores representam, respectivamente, aumento de 32,4% e 57,9% na comparação com o mesmo período de 2021. Em maio desse ano, o Ministério da Economia revisou as informações de exportações de janeiro a abril divulgadas através do Portal Comex. Portanto, o Aço Brasil atualizou os dados de exportações siderúrgicas relativos aos meses de janeiro desse ano a abril desse ano que traz impactos nos volumes exportados do acumulado do ano.

Ainda nos dados de maio de 22, foram registrados volumes de exportações através de operações com embarque antecipado, que geralmente registram volumes acima do exportado efetivamente. A correção dessas exportações, possivelmente, ocorrerá nas próximas divulgações dos dados do Comex.

Dados de maio de 2022

Em maio de 2022 a produção brasileira de aço bruto foi de 3,0 milhões de toneladas, uma queda de 4,9% frente ao apurado no mesmo mês de 2021. Já a produção de laminados foi de 2,0 milhões de toneladas, 17,5% inferior à registrada em maio de 2021. A produção de semiacabados para vendas foi de 644 mil toneladas, uma queda de 19,2% em relação ao ocorrido no mesmo mês de 2021*.

As vendas internas recuaram 13,4% frente ao apurado em maio de 2021 e atingiram 1,8 milhão de toneladas. O consumo aparente de produtos siderúrgicos foi de 2,1 milhões de toneladas, 15,7% inferior ao apurado no mesmo período de 2021.

As exportações de maio foram de 1,1 milhão de toneladas, ou US$ 1,0 bilhão, o que resultou em aumento de 43,0% e 64,8%, respectivamente, na comparação com o ocorrido no mesmo mês de 2021. Nos dados de maio de 22, foram registrados volumes de exportações através de operações com embarque antecipado, que geralmente registram volumes acima do exportado efetivamente. A correção dessas exportações, possivelmente, ocorrerá nas próximas divulgações dos dados do Comex.

As importações de maio de 2022 foram de 276 mil toneladas e US$ 429 milhões, uma queda de 49,9% em quantum e 12,1% em valor na comparação com o registrado em maio de 2021.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.