Elon Musk suspende negócio e Twitter despenca quase 10%

Na contramão estavam as ações da Tesla Inc.

Depois da euforia do anúncio bilionário entre o empresário Elon Musk com os donos do Twitter (TWTR), o negócio parou nesta sexta-feira (13/05).  Com isso, o mercado encontrou resposta para a queda dos papéis do TWTR.

O dono da Tesla Inc. (TSLA) soltou hoje: “O acordo com o Twitter está suspenso temporariamente os detalhes pendentes que apoiam o cálculo de que contas falsas/spam de fato representam menos de 5% dos usuários”, disparou ao destacar a diligência nas contas.

No pré-mercado a ação TWTR estava em queda de 10,65%. Porém, com a abertura dos negócios em Wall Street, as ações caíam 9,81% a US40, 81. Na contramão, as TSLA subiam 5,47%.

Para entender

Elon Musk comprou mais de 9,2% das ações do TWTR e fez uma oferta para a compra da rede social. Em 25 de abril, o Twitter concordou em ser comprado por Musk por US$ 54,20 por ação, mais ou menos os US$44 bilhões.

Depois que Musk anunciou a compra, as ações do TWTR não conseguiram atingir os US$54,20. A maior alta foi de US$51,70 em 25 de abril.

Com as preocupações de que teria que vender algumas ações da Tesla para financiar a compra, as ações da fabricante de veículos elétricos perderam a força. Até essa quinta-feira, as ações da Tesla caíram 36,4% no ano. No mesmo período, as ações do Twitter subiram 4,3% até ontem.

Outro ponto de preocupação veio quando dois executivos deixaram a empresa antes da compra por Musk, que disse ter planos de pausar a maioria das contratações.

*Com apoio de agências internacionais.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.