Confiança do Empresários avança 2,7 pontos em abril

Índice de Situação Atual Empresarial subiu 3,6 pontos

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) do FGV IBRE subiu 2,7 pontos em abril, para 94,5 pontos, maior nível desde novembro do ano passado. Na métrica de médias móveis trimestrais, o indicador subiu 1,0 ponto no mês, interrompendo a sequência de seis quedas consecutivas.

“Com a segunda alta seguida, o ICE reverte a tendência de queda observada entre setembro de 2021 e fevereiro de 2022 e recupera 30% dos 11,2 pontos perdidos no período. Assim como no mês anterior, o Setor de Serviços exerceu a maior contribuição para a alta, com destaque para os Prestados às Famílias, um sinal de normalização da economia num contexto pós-pandemia. O outro destaque no mês é a confiança industrial, que subiu 2,4 pontos após oito quedas seguidas”, disse o Superintendente de Estatísticas do FGV IBRE, Aloisio Campelo Jr.

O Índice de Situação Atual Empresarial (ISA-E) subiu 3,6 pontos, para 95,7 pontos, maior nível desde dezembro de 2021 (95,8 pontos). O Índice de Expectativas (IE-E) subiu 2,0 pontos, para 94,4 pontos. Esta é a primeira vez desde dezembro de 2021 que o ISA-E supera o IE-E.

O Índice de Confiança Empresarial (ICE) consolida os índices de confiança dos quatro setores cobertos pelas Sondagens Empresariais produzidas pela FGV IBRE: Indústria, Serviços, Comércio e Construção. Entre os setores que integram o ICE, apenas a confiança do Comércio registrou queda no mês, influenciado pela piora das expectativas em relação aos próximos meses. A alta da confiança industrial interrompe a sequência de oito quedas consecutivas. A confiança dos setores de Serviços e da Construção sobem mais de 4,0 pontos no mês, com grande disseminação entre os segmentos.

Difusão da Confiança

A confiança empresarial subiu em 80% dos 49 segmentos integrantes do ICE em abril, um aumento da difusão frente aos 59% do mês passado. Apenas o Comércio apresentou um resultado relativamente fraco.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

você pode gostar também

Comentários estão fechados.