Wall Street volta para o azul antes do Fed

Nasdaq ficou em alta de 1,63% aos 12.536

Depois de um mês de abril amargo para os investidores de Wall Street, os três pesos pesados fecharam com ganhos. A busca pelo ajuste ocorreu com a expectativa para a reunião do Federal Reserve. Indicadores e a temporada de balanço também pesaram.

Ao final, o Dow Jones subiu 0,26% aos 33.061. O S&P ficou em alta de 0,57% aos 4.155. O Nasdaq ficou em alta de 1,63% aos 12.536.

Os rendimentos do Treasury de 10 anos subiram 10,9 bps a 2,9960%, no que seria a maior alta desde 2018.

Hoje, o mercado já elevava as apostas sobre a decisão do Comitê de Mercado Aberto, Fomc, que começa a reunião amanhã. É esperado o início do fim do programa quantitativo, ou a retirada de ativos do balanço de US$ 9 trilhões.

Ainda na semana, a temporada de resultados financeiros também permanece no radar. Serão apresentados os números do Airbnb, Uber, Lyft e Block Inc.

Sobre os indicadores, o S&P Global apresentou o PMI de Manufatura de abril. O indicador ficou em 59,2 pontos ante os 58,8 de março, mas inferior à estimativa de 59,7. A taxa geral de crescimento acelerou pelo 3º mês consecutivo e foi a mais acentuada desde setembro passado.

Já o PMI de fabricação de abril registrou 55,4%, queda de 1,7 ponto percentual em relação à leitura de março de 57,1%. Esse número indica expansão na economia geral pelo 23º mês consecutivo após uma contração em abril e maio de 2020. Os dados são do ISM Report On Business.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.