Sexta-feira positiva para Mercados ao Redor do Mundo

Ibovespa opera em alta de 0,85% aos 110.857 pontos

A reta final do mês de abril, que foi marcado por uma enxurrada de feriados, está bem positiva para os mercados de ações. Na contramão estão apenas os índices de Wall Street, com alguns resultados financeiros e com dados econômicos apresentados hoje.

Os investidores estão tentando reparar as perdas promovidas por indicadores, conflito no Leste Europeu, preços de commodities, pressão inflacionária e, principalmente, buscando proteção com a proximidade das reuniões dos bancos centrais. O Federal Reserve inicia reunião na terça-feira (03).

Os preços do petróleo estão avançando e puxando os papéis das petroleiras globais. Na B3, a PETR4 estava em alta de 3,70%, a PRIO3 subia 5,10%, a RRP3 avançava 5,73%. A BP estava em alta de 0,90% na bolsa de Londres e a Shell PLC estava em alta de 3,94%.

Por aqui, o front político começou a ganhar atenção dos investidores. A temporada também está no radar, bem como o início da reunião de política monetária do Banco Central do Brasil também na terça-feira (03).

Acompanhe os mercados às 13h15

Dólar na B3:
No interbancário, o dólar recuava 0,12% aos R$4,934 para a venda. O turismo caía 0,99% aos R$5,098 para a venda.

O euro subia 0,13% aos R$5,198 para a venda. A libra subia 0,49% aos R$6,192 para a venda. O peso caía 0,38% a R$0,043 para a venda.

B3 e as ações:
O Ibovespa opera em alta de 0,85% aos 110.857 pontos; o índice financeiro subia 0,39% aos 10.333 pontos; e o índice de materiais básicos subia 0,61% aos 5.889 pontos. O volume financeiro estava próximo dos R$13 bilhões.

Europa:
Na reta final, o índice Stoxx Europe 600 seguia em alta de 0,74% aos 450.39 em Londres; o DAX-30, bolsa de Frankfurt, subia 0,84% aos 14.097; e o CAC-40, Paris, seguia em alta de 0,39% aos 6.533.

Estados Unidos:
O Dow Jones opera em queda de 1,38% aos 33.446 pontos; o S&P caía 1,96% aos 4.202 pontos; e o Nasdaq estava em queda de 2,14% aos 12.592 pontos.

O índice DXY, que compara o comportamento da cesta de seis moedas, seguia em queda de 0,44% a 103,17.

O euro seguia em alta de 0,34% a US$ 1.0535 e a libra subia 0,85% a US$1.2561.

O ouro estava em alta de 1,03% a US$ 1.910,80 a onça.

O Bitcoin caía 1,15% a US$38,941,98.

Commodities:
O preço do barril do Brent, com contrato para junho de 2022, seguia em alta de 1,45% a US$108,81 em Londres.

O barril do WTI, com contrato para junho de 2022, estava em alta de 1,06% a US$106,48 em Nova York.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.