Mercados operam sem direção com balanços e Payroll

Ibovespa estava em alta de 0,70% aos 106.551 pontos

O mercado doméstico opera com atenção para os últimos resultados financeiros de empresas brasileiras e, ao mesmo tempo, com o investidor atento aos dados do emprego nos Estados Unidos.

O Payroll veio acima do estimado, com a oferta subindo para 528 mil em julho e a taxa de desemprego caindo para 3,5%. O resultado superou as estimativas de 250 mil e ficou acima do resultado anterior: 398 mil em junho.

De acordo com o Departamento do Trabalho americano, os níveis estão próximos dos registrados no pré-pandemia de coronavírus ( fevereiro de 2020). Porém, os analistas consideram que o número poderá alimentar a decisão do Federal Reserve em elevar as taxas de juros.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego, que foram divulgados ontem, também recuaram na semana passada. A queda foi de 6 mil, com as solicitações chegando a 260 mil.

Cenário Interno

A bolsa brasileira, no entanto, segue em alta. Por volta de 12h30, o Ibovespa avançava de 0,50% aos 106.428 pontos. O giro financeiro estava perto dos R$6 bilhões.

O índice segue impulsionado pelas ações da VALE3, PETR4, BRKM5, LRNE3, bem como os papéis dos grandes bancos.

Já o dólar estava em queda de 0,22% aos R$5,209 para a venda. O turismo estava em queda de 0,19% aos R$5,390 para a venda.

Cenário Externo

Em Wall Street, os índices estão recuados. O peso está em cima das ações de tecnologia e com os traders avaliando as probabilidades sobre os rumos da política monetária do banco central americano.

O Dow Jones estava em queda de 0,38% aos 32.603 pontos. O S&P estava em queda de 0,78% aos 4.119 pontos. O Nasdaq estava em queda de 1,26% aos 12.559.

*Acompanhe mais destaques dos mercados também nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.