FECHAMENTO: Dia nublado para Ações

Ibovespa ficou em queda de 1,79% aos 103.250 pontos

O dia foi nublado para as ações globais. Os investidores mantiveram o “alerta” ligado pelos índices das principais economias. A agenda global estava fraca, porém, as atenções ficaram voltadas para as declarações de membros dos bancos centrais, em especial do Federal Reserve.

O presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, avaliou que com a inflação avançando seria adequado mais duas altas nas taxas de juros de 0,50 p.p cada uma nas próximas reuniões. Entretanto, seguindo o mesmo discurso do presidente do Fed, Jerome Powell, os 0,75 p.p. estão descartados por Bostic, conforme declaração para a Bloomberg TV.

Enquanto isso, os demais relatórios divulgados ao longo do dia também apontaram para um “cenário de recessão”. As preocupações estão redobradas com a China e com o conflito na Ucrânia.

Hoje, o índice do Ciclo de Negócios Sentix atingiu nova queda de 22,6 pontos, o seu nível mais baixo desde junho de 2020. A situação e as expectativas caíram cerca de 5 p.p. neste início de maio.

A probabilidade de recessão se aprofundou ainda mais e a Europa será particularmente atingida. O índice geral da Zona do Euro cai para 22,6 pontos. “A recessão está se tornando visível. A crise econômica está sendo sentida em todo o mundo e as sanções contra a Rússia estão surtindo efeito, tanto em inimigos quanto em amigos”, mostrou o relatório Sentix.

Nos Estados Unidos, o índice geral cai pela 6ª vez consecutiva e está em 2,9 pontos, o nível mais baixo desde setembro de 2020. Na China, os bloqueios por coronavírus estão pesando muito na região asiática, com o índice geral em -10,1 pontos.

Hoje, os índices de Wall Street despencaram. As bolsas da Europa também recuaram. A Ásia ficou no vermelho. E, na carona com as demais, o índice principal da bolsa de valores de São Paulo também ficou negativo.

O dólar fez peso sobre o real e o Bitcoin queimou toda a gordura.

Acompanhe o resumo dos mercados

Ásia: o índice Xangai ficou em alta de 0,09% aos 3.004. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,51% aos 3.275.

Europa: o DAX-30, bolsa de Frankfurt, caiu 2,15% aos 13.380. O CAC-40, Paris, em queda de 2,75% aos 6.086.

Estados Unidos: o Dow Jones ficou em queda de 1,99% aos 32.245. O S&P caiu 3,20% aos 3,991. O Nasdaq recuou 4,29% aos 11.623.

Brasil: o Ibovespa ficou em queda de 1,79% aos 103.250 pontos.

Moedas: o dólar subiu 1,60% aos R$5,157 para a venda. O turismo subiu 1,96% aos R$5,354 para a venda. O Bitcoin caiu 10,09% a US$31,024,93.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.