FECHAMENTO: Cautela com a reta final do mês

Ibovespa ficou em alta de 2,12% aos 100.763 pontos

A cautela tomou conta dos mercados de ações. Um movimento inesperado para a reta final do mês de junho.

Nos Estados Unidos, o investidor acompanhou o índice do Sentimento do Consumidor, os dados da balança comercial e as projeções do Federal Reserve de Richmond, com quase todos os números abaixo das estimativas. No entanto, a “luz amarela” também já estava acesa para a divulgação do PIB americano amanhã.

O mau humor, depois desses resultados, derrubou a bolsa de Nova York. A brasileira foi na carona, mas com a queda do índice principal suavizada pelas ações da Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3). No Velho Continente, os índices acompanharam os da Ásia e encerram em campo positivo.

O dólar devolveu a queda.

Acompanhe o resumo dos mercados

Ásia: o Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,84% aos 2.422. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou estável aos 53.177.

Europa: o Ibex 35, bolsa de Madri, ficou em alta de 0,91% aos 8.317 pontos. O PSI-20, bolsa de Lisboa, ficou em alta de 1,94% aos 6.172 pontos.

Estados Unidos: o Dow Jones ficou em queda de 1,56% aos 30.946 pontos. O S&P ficou em queda de 2,01% aos 3.821 pontos. O Nasdaq ficou em queda de 2,98% aos 11.181 pontos.

Brasil: o Ibovespa ficou em alta de 2,12% aos 100.763 pontos.

Moedas: o dólar subiu 0,60% aos R$5,266 para a venda. O turismo ficou em alta de 2,30% aos R$5,449 para a venda.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.