Dólar fica acima dos R$5,30 com setor externo; o euro derreteu

Turismo ficou com ganho de 1,26% aos R$5,600 para a venda

O dólar ganhou força nesta terça-feira. O que se viu foi o mau humor externo, com as projeções dos analistas apontando para uma recessão global. Indicadores econômicos e declarações de membros de bancos centrais também ficaram entre os pontos de atenção.

Os dados da economia da Zona do Euro derrubaram o euro para o patamar mais baixo desde 2002. A moeda forte da Europa também foi impactada pelo aumento da tensão no Leste, com a resistência da Ucrânia elevando a pressão de Moscou contra a região do euro. A energia elétrica é uma das principais armas da Rússia, ou seja, o corte do fornecimento de gás para diversos países, incluindo a Alemanha.

Na bolsa de Nova York, o índice DXY avançou e o Bitcoin reagiu com a alta em mais de 4%.

Por aqui, no interbancário, o dólar fechou em alta de 1,19% aos R$5, 389 para a venda. O turismo ficou com ganho de 1,26% aos R$5,600 para a venda.

“A taxa de câmbio passou o dia em alta e rompeu os R$5,40, renovando a máxima das últimas semanas. O movimento é global, porque quando olhamos para as moedas emergentes as desvalorizações continuam frente ao dólar. O motivo é o cenário de cautela generalizado em meio ao crescente risco de recessão nas principais economias do mundo. É claro que quando olhamos para o real, o ambiente doméstico também pesa, mas hoje o movimento ficou mesmo voltado para o exterior”, pontuou a economista-chefe do banco Ourinvest, Fernanda Consorte, para o 1Bilhão.

O euro ficou em queda de 0,32% aos R$5,533 para a venda. A libra caiu 0,09% aos R$6,444 para a venda. O peso argentino subiu 1,01% a R$0,043 para a venda.

Cenário externo
Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes frente ao dólar americano, ficou em alta de 1,32% aos 106.52 pontos no eletrônico.

O ouro caiu 2,01% a US$1,765,30 a onça no eletrônico.

O euro ficou em queda de 1,47% a US$1,0269 e a libra caiu 1,16% a US$1,1957.

O Bitcoin subiu 4,27% a US$20,604,62.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.