Dólar faz pressão e busca os R$5,30

Turismo ficou em alta de 2,30% aos R$5,449 para a venda

O dólar ganhou força sobre o real nesta terça-feira. O mercado acompanhou o cenário externo, com indicadores decepcionantes nos Estados Unidos. A reta final do mês também sugere uma puxada para a formação da Ptax.

Por fim, o fortalecimento da divisa, com as liquidações nas bolsas de ações, também foi justificada com as expectativas para a divulgação do PIB dos Estados Unidos amanhã.

O índice DXY, bolsa de Nova York, subiu, as moedas da Europa recuaram forte e o Bitcoin renovou a desvalorização em quase 4%.

No interbancário, o dólar subiu 0,60% aos R$5,266 para a venda. O turismo ficou em alta de 2,30% aos R$5,449 para a venda.

O euro subiu 0,10% aos R$5,545 para a venda. A libra caiu 0,13% aos R$6,416 para a venda. O peso argentino subiu 0,44% a R$0,042 para a venda.

Cenário externo
Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes frente ao dólar americano, subiu 0,53% aos 104.49 pontos.

O ouro caiu 0,18% a US$1,821,60 a onça.

O euro caiu 0,56% a US$1,0519 e a libra caiu 0,55% a US$1,2184.

O Bitcoin ficou em queda de 3,01% a US$20,285,01.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.