Dólar encerra a semana em alta de 1,7% e fica estável no pregão

Turismo ficou em queda de 0,59% aos R$5,665 para a venda

A volatilidade nos mercados de ações e as atenções para os bancos centrais pesaram no desempenho do real nesta semana, já que o dólar ganhou tração e fechou valorizado em 1,73%.

Nesta sexta-feira, entretanto, o dia foi de “calmaria”, o que acabou tirando um pouco o peso da divisa da moeda brasileira.

Ao final, no interbancário, o dólar fechou estável aos R$5,499 para a venda. O turismo ficou em queda de 0,59% aos R$5,665 para a venda.

“A moeda segue no ritmo de alta, com o cenário internacional e a difícil tentativa de ‘entender’ o futuro da economia, ainda que no curto prazo. Então os investidores seguem protegendo suas carteiras e fazendo hedge cambial”, citou o especialista o prof. da FAC-SP, Rodrigo Simões, para o 1Bilhão.

O euro ficou estável aos R$5,612 para a venda. A libra esterlina avançou 0,19% aos R$6,596 para a venda. O peso argentino ficou estável aos R$0,042 para a venda.

Cenário externo

Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes frente ao dólar americano, ficou em queda de 0,34% a 106.55 pontos.

O preço do ouro subiu 0,68% a US$1,725,10 a onça.

O euro caiu 0,11% a US$1,0220 e a libra ficou estável a US$1,1998.

O Bitcoin devolveu 2,08% a US$22.639,24.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.