Dólar dá um respiro ao real e volta para os R$5,20

Turismo ficou em alta de 0,71% aos R$5,410 para a venda

O dólar deu um respiro para o real nesta quarta-feira. O mercado cambial foi influenciado pelas questões internas, embora acompanhando também o cenário norte-americano.

O índice DXY, bolsa de Nova York, subiu,  as moedas da Europa recuaram e o Bitcoin renovou a desvalorização em 0,1%.

No interbancário, o dólar caiu 1,39% aos R$5,193 para a venda. O turismo ficou em alta de 0,71% aos R$5,410 para a venda.

“O mercado de câmbio estava melhor e acompanhando o exterior. Relatos de fluxo comercial positivo, depois que a China relaxou as medidas por conta da Covid-19 no começo da semana, também pesaram. Certo alívio no mercado local ficou com o custo estimado para a PEC dos Combustíveis, que ficou abaixo das projeções. Apesar disso, o desconforto com o fiscal continua e talvez esse alívio seja momentâneo”, avaliou a economista do Banco Ourinvest, Cristiane Quartaroli, para o 1Bilhão.

O euro caiu 2,2% aos R$5,423 para a venda. A libra caiu 2,08% aos R$6,294 para a venda. O peso argentino recuou 1,53% a R$0,042 para a venda.

Cenário externo
Na bolsa de Nova York, o índice DXY, que compara o movimento das seis moedas mais importantes frente ao dólar americano, subiu 0,59% aos 105.12 pontos.

O ouro caiu 0,06% a US$1,820,10 a onça.

O euro caiu 1,33% a US$1,0440 e a libra caiu 1,15% a US$1,2123.

O Bitcoin ficou em queda de 0,10% a US$20,255,74.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.