Ásia mantém o negativo com Nancy Pelosi em Taiwan

Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,20% aos 14.777

Os mercados da Ásia fecharam sem direção única nesta quarta-feira. A tensão prevaleceu entre os investidores depois das ameaças de Pequim contra a visita da presidente da Câmara americana, Nancy Pelosi, a Taiwan.

Por outro lado, os traders mantiveram a cautela, embora com a temporada de resultados financeiros em andamento.

Índices da Ásia

O índice Xangai ficou em queda de 0,71% aos 3.163 e o Shenzhen Composite ficou em queda de 0,98% aos 2.117. O índice Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em alta de 0,40% aos 19.767. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,89% aos 2.461. O índice Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,53% aos 27.741 pontos e o Topix ficou em alta de 0,27% a 1.930. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em alta de 0,37% aos 58.350. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em queda de 0,32% aos 6.975. O Taiex, bolsa de Taiwan, ficou em alta de 0,20% aos 14.777. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em alta de 0,40% aos 3.252.

Hoje, os radares ainda estavam voltados para a permanência de Nancy Pelosi em território considerado de domínio chinês. A visita foi vista como uma provocação por parte de Pequim, que colocou as forças armadas em alerta.

Em 1945, a China tomou Taiwan depois que o Japão perdeu a ilha na 2ª guerra. O domínio foi declarado por Mao Tsé-Tung. Com isso, a China vê a ilha como província e aposta na sua retomada.

Nesta quarta-feira, o governo chinês anunciou uma série de sanções contra Taiwan, apesar da curta permanência da parlamentar americana na ilha. Nancy Pelosi ficou em Taipei apenas 24 horas e cumpriu agenda com a presidente  Tsai Ing-wen.

Sobre os indicadores, o índice de Atividade de Negócios de Serviços da China, com ajuste sazonal, subiu de 54,5 no final do 2T22 para 55,5 em julho, para sinalizar um segundo aumento mensal consecutivo. Além disso, a taxa de crescimento foi a mais acentuada desde abril de 2021 e acima da média da série (53,8). A recuperação da atividade foi impulsionada por um adicional nas condições operacionais e na demanda dos clientes depois da flexibilização das medidas de contenção do Covid-19. Os dados são do Caixin.

Acompanhe mais destaques dos mercados também nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.