Ásia fica sem direção e balança comercial avança na China

Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,54%

As bolsas de ações asiáticas ficaram sem direção nesta quarta-feira. O radar permaneceu na China, com os dados da balança comercial marcando reações positivas para as exportações em junho. Entretanto, os casos de Covid-19 permanecem refletindo no sentimento econômico.

Índices da Ásia

O índice Xangai ficou em alta de 0,09% aos 3.284 e o Shenzhen Composite ficou em alta de 0,93% aos 2.175. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em alta de 0,54% aos 26.478 o índice Topix ficou em queda de 1,64% a 1.883. O Kospi, bolsa de Seul, ficou em alta de 0,47% aos 2.328. O Sensex, bolsa de Mumbai, ficou em queda de 0,69% aos 53.514. O índice XJO, bolsa de Sidney, ficou em alta de 0,23% aos 6.621. O FTSE Straits, bolsa de Singapura, ficou em queda de 0,54% aos 3.128.

O dia também foi de expectativa para os números da inflação dos Estados Unidos, bem como o comportamento de preços de commodities.

Hoje, o Banco Popular da China se posicionou em dar suporte para a economia. Autoridades do banco garantiram a liquidez e pressão para instituições financeiras reduzirem os custos de financiamentos para empresas.

As exportações da China subiram 17,9% em junho em relação ao ano anterior, superando as expectativas dos analistas. A importações aumentaram 1,0%, conforme mostrou o Governo da China.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.