Ações Europeias recuam com mineradoras

DAX-30, bolsa de Frankfurt, ficou em queda de 1,11% aos 13.144 pontos

As ações da Europa recuaram nesta quarta-feira, depois de três sessões com ganhos. O mercado acompanhou também as declarações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, aos Congressistas americanos.

Índices da Europa

O índice Stoxx Europe 600 ficou em queda de 0,70% aos 405.74 pontos. O FTSE100, bolsa de Londres, ficou em queda de 0,88% aos 7.089 pontos. O FTSE MIB, bolsa de Milão, ficou em queda de 1,36% aos 21.788 pontos. O Ibex 35, bolsa de Madri, ficou em queda de 1,10% aos 8.145 pontos. O PSI-20, bolsa de Lisboa, ficou em queda de 0,79% aos 5.952 pontos. O CAC-40, bolsa de Paris, ficou em queda de 0,81% aos 5.916 pontos. O DAX-30, bolsa de Frankfurt, ficou em queda de 1,11% aos 13.144 pontos.

Mesmo com o depoimento de Jerome Powell de que o banco central americano está comprometido em trazer a inflação americana para a meta, os investidores europeus acompanharam o cenário da China.

O preço do minério de ferro caiu forte novamente nas negociações naquele país, o que acabou comprometendo as ações das empresas de materiais básicos. Na bolsa de Londres, por exemplo, os papéis das mineradoras despencaram. A Rio Tinto PLC caiu 4,40%, a Glencore PLC recuou 6,89%, a Evraz PLC caiu 12,59% e a Polymetal International PLC caiu 7,43%.

Sobre os indicadores, no Reino Unido, o Índice de Preços ao Consumidor, incluindo os custos de habitação (CPIH), subiu 7,9% nos 12 meses até maio de 2022, ante 7,8% em abril. Em uma base mensal, o CPIH subiu 0,6% em maio de 2022, em comparação com um aumento de 0,5% em maio de 2021.

Os preços dos insumos ao produtor subiram 22,1% no ano até maio de 2022, acima de 20,9% no ano até abril de 2022. Essa é a taxa mais alta desde que os registros começaram em janeiro de 1985. Os preços da produção ao produtor (portão da fábrica) aumentaram 15,7% no ano até maio de 2022, acima de 14,7% no ano até abril de 2022. Os dados são do Governo Britânico.

Ainda no Reino Unido, os preços médios das casas subiram 12,4% ao longo do ano até abril de 2022, acima dos 9,7% em março de 2022. O preço médio das casas no Reino Unido foi de £ 281 mil em abril de 2022, que é £ 31 mil mais alto do que no ano passado. Os dados são também do Governo Britânico.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.