INVESTIMENTO EM AÇÕES: Day Trade leva PREJUÍZO?

Bilionários!!!
Entrevistei hoje um dos primeiros educadores financeiros das redes sociais, o ilustríssimo André Bona. O André está na estrada há alguns anos, é parceiro de grandes empresas como o Banco BTG, conhecido também pelos cursos sobre educação financeira, como o “Investimento perfeito”.
Em nossa conversa, falamos sobre um estudo que saiu em março deste ano, cujo tema central são os day trade:
Todos os dias nós, eu e o André, assim como outros educadores financeiros, recebemos diversas mensagens de vocês buscando por investimentos que mudem suas vidas e tragam rendimentos altos, num curtíssimo espaço de tempo.
Pois bem, a verdade sobre essa situação é que para alcançar o sucesso, é preciso se dedicar, TRABALHAR, EMPREENDER, listar todas suas despesas e todos os ganhos de recursos para pagar dívidas atrasadas e depois organizar as finanças para poupar dinheiro, criar um cofre de emergência e um patrimônio. Fuja de receitas milagrosas, investimentos da moda. Isso vale para aqueles que querem viver de day trade.
Um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) mostrou como é quase impossível sobreviver fazendo “day trade”. Não somos só eu e o André que achamos isso. A pesquisa foi encomendada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Os pesquisadores da FGV Fernando Chague e Bruno Giovannetti analisaram dados de 2012 até 2017 (período consistente). Foram monitoradas 19.696 pessoas que começaram a operar com day trader no período. Cerca de 91% desse grupo pesquisado registrou prejuízo. No total, as perdas acumularam R$ 68,4 milhões. Uma média de R$ 35,90 por dia para investidor, com picos de mais de R$ 1 mil. Um cálculo que não considera o custo de corretagem e despesas com plataformas de negociação ou eventuais cursos. Foram contabilizados apenas os emolumentos e taxa de registro variável cobrada pela B3.
Outro ponto levantado na pesquisa é sobre a curva de aprendizado. Ao contrário do que se pensa, o desempenho do indivíduo day trade piora com o tempo, e isso aparece nos resultados. Essa fase é quando ele começa a tomar decisões equivocadas sobre continuar ou parar, e isso faz com que perca cada vez mais dinheiro.
Qual a solução?
O mesmo estudo comprova minha opinião e do André: investimentos precisam ser pensando a longo prazo. Alguém que investe em ações no longo prazo, montando um portifólio diversificado consegue cuidar muito melhor do próprio dinheiro, e obter sucesso seguindo essa linha de raciocínio.

Siga também o André Bona nas redes sociais:
Twiter: https://twitter.com/andrelvbona
Instagram: https://www.instagram.com/andrelvbona/
Facebook: https://www.facebook.com/andrelvbona
Site: https://andrebona.com.br

Deixe seu comentário com suas perguntas e aproveite para seguir em todas as redes sociais também:

  • Assine o Canal!* e saiba como economizar e fazer o dinheiro render: http://www.1bilhao.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/1bilhao_educacao_financeira (Dicas diárias)
Facebook: https://www.facebook.com/1bilhaoeducacao
Dúvidas: contato@1bilhao.com.br
Comercial: contato@1bilhao.com.br
Imprensa: contato@1bilhao.com.br

Leia também:
https://www.valor.com.br/financas/6149611/mais-de-90-das-pessoas-que-tentam-viver-de-%3Fday-trade%3F-tem-prejuizo
https://portaldobitcoin.com/estudo-mostra-que-mais-de-99-dos-day-traders-tem-prejuizo/
https://www.sunoresearch.com.br/noticias/estudo-mostra-day-trade-prejuizo/
https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/8311962/day-trades-explodem-e-garantem-com-folga-a-meta-do-dia-confira-todo-racional