4 dicas para quitar todas as dívidas e começar a organizar suas finanças pessoais

No Brasil, existem cerca de 66,5% famílias que precisam se livrar das pendências em vermelho

Mesmo com quantidade elevada de iniciantes na Bolsa de Valores (B3), ainda existe um número considerável de brasileiros endividados. Vale destacar que, antes mesmo de se tornar um investidor, é importante acertar todas as pendências.

No Brasil, existem cerca de 66,5% famílias com a necessidade de se livrar das pendências em vermelho. Sendo assim, esse índice alto está diretamente associado à falta de educação e planejamento financeiro.

Em resumo, os principais fatores que impulsionam o aumento de endividados são a crise econômica e política que o país enfrenta atualmente. Principalmente, as altas taxas de inflação, taxas de juros e aumento do desemprego

Para isso, selecionamos 4 dicas para você dar adeus ao vermelho antes de se tornar um investidor:

1 – Priorize as dívidas mais altas

Em primeiro lugar, para quitar as dívidas, é fundamental ordená-las, dando prioridade para aquelas que possuem taxas de juros mais elevadas em relação às outras. Com isso, analisando as prioridades de cada uma, seja por importância ou por conta do valor que elas carregam.

Sendo assim, os cheques especiais e cartões de crédito detém taxas de juros altas, que diferem de acordo com as instituições financeiras. Logo, mesmo que sejam pequenos valores, vale se livrar antes que cresçam.

2 – Análise de gastos

A propósito, mesmo com a preocupação de se livrar das dívidas, é importante utilizar esse momento para analisar e criar um planejamento financeiro. Portanto, vale identificar todos os gastos.

Desse modo, a pessoa deve reconhecer quais gastos são, efetivamente, necessários e aqueles que são dispensáveis e podem ser evitados. Logo, inicialmente, ela pode cortá-los.

Posto isso, uma boa sugestão é realizar pesquisas de mercado, dando ênfase apenas aos gastos totalmente essenciais. Isso, de fato, ajudará a reduzir os gastos e quitar as dívidas.

4 dicas para quitar todas as dívidas e começar a organizar suas finanças pessoais
Como se livrar das dívidas

3 – Troque dívidas altas por juros baixos

Em muitos casos, quitar as dívidas sozinho não é uma opção. Sendo assim, a pessoa deve pesquisar maneiras de obter linhas de crédito, ou também, negociar.

Portanto, uma boa forma de liquidar as dívidas de cartão de crédito, ou cheque especial, é substituí-las por empréstimos consignados.

Visto que, os empréstimos consignados possuem taxas de juros inferiores às tarifas das instituições financeiras com cartão de crédito e cheque especial.

4 – Pague tudo à vista, evite parcelas

Pode não ser uma tarefa fácil, porém, uma excelente escolha é pagar todas as contas à vista. Afinal, realizar pagamentos em infinitas parcelas passa a impressão ao consumidor de que o dinheiro não está saindo da conta. Contudo, na realidade, está sim.

Ou seja, todas essas parcelas comprometem o planejamento mensal, reduzindo o dinheiro para gastos essenciais. 

Dessa maneira, pagar à vista é uma boa alternativa para quem não quer gastar com itens desnecessários. Assim como, pagar suas compras com taxas de juros elevadas. 

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais