FECHAMENTO: Juros derrubam ações

Ibovespa ficou em queda de 0,16% aos 105.134

Os juros derrubaram os mercados acionários ao longo da semana. Depois dos bancos centrais, os investidores elevaram as preocupações com a possível estagflação nos Estados Unidos, em especial com os dados do Payroll divulgados hoje.

O indicador mostrou que os americanos estão trabalhando mais e com as empresas pagando melhores salários para suprir a falta de profissionais qualificados. Os salários maiores sugerem gastos, promovem a alta da inflação mas sem crescimento econômico.

Em paralelo, a cautela acabou elevou os rendimentos dos Treasuries, em especial dos Estados Unidos, e derrubou as ações.

A bolsa de Nova York fechou em queda e os títulos subiram mais de 3%. Os mercados da Europa renovaram as perdas, já esperando pelo Banco Central Europeu. A Ásia também ficou no vermelho, com a China enfrentando a Covid-19. E, por fim, o Ibovespa ficou de lado. O peso por aqui ficou com a temporada  de balanços.

O dólar voltou para os R$5,00.

Acompanhe o resumo dos mercados acionários

Ásia: o índice Xangai ficou em queda de 2,16% aos 3.001. O Hang Seng, bolsa de Hong Kong, ficou em queda de 3,81% aos 20.001.

Europa: o DAX-30, bolsa de Frankfurt, caiu 1,64% aos 13.674. O CAC-40, Paris, em queda de 1,73% aos 6.258.

Estados Unidos: o Dow Jones caiu 0,30% aos 32.899. O S&P ficou em queda de 0,57% aos 4.123. O Nasdaq ficou em queda de 1,40% aos 12.144.

Brasil: o Ibovespa ficou em queda de 0,16% aos 105.134.

Moedas: o dólar ficou em alta de 1,17% aos R$5,075 para a venda. O turismo subiu 0,65% aos R$5,251 para a venda.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

Bom fim de semana!

você pode gostar também

Comentários estão fechados.