Eurostat prevê alta de 7,5% na inflação da Zona do Euro em abril

Resultado fica acima do final de março: 7,4%

A inflação anual da Zona do Euro deverá ficar em 7,5% em abril de 2022, acima dos 7,4% em março, de acordo com a estimativa do Eurostat divulgada hoje.

Analisando os principais componentes da inflação da EA19, espera-se que a energia tenha a taxa homóloga mais elevada em abril, 38,0%, ante 44,4% de março. O indicador segue por alimentação, álcool e tabaco, 6,4%, face a 5,0% em março, bens industriais não energéticos, 3,8%, face a 3,4% em março, e serviços, 3,3%, face a 2,7% em março.

França e a Inflação

A França também apresentou a estimativa para a inflação de abril. O Instituto Nacional de Estatísticas e Estudos Econômicos, INSEE, na prévia de hoje, mostrou que o Índice de Preços ao Consumidor – CPI do ano deve subir 4,8% em abril de 2022, depois da alta de 4,5% no mês anterior.

O INSEE justifica que o aumento da inflação deve ser resultado da aceleração dos preços de serviços, alimentos e manufaturados. Os preços da energia devem continuar subindo acentuadamente ao longo de um ano.

Para todo o mês, os preços ao consumidor devem subir 0,4%, depois de uma alta 1,4% em março. Os preços da energia devem recuar, atrelado à queda dos preços dos derivados de petróleo, e os dos manufaturados devem desacelerar.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de ENTRAR NO CANAL DO TELEGRAM: Acesse

Já pensou em investir 1 mil reais e transformar isso em 1,900 reais? Quer saber como? Acesse aqui

você pode gostar também

Comentários estão fechados.