EUA: Estoques de Petróleo ficam em 8,5 milhões de barris

Entradas subiram para 15,7 milhões de barris na semana passada

As entradas dos insumos de petróleo bruto nas refinarias dos Estados Unidos para a semana fechada em 06 de maio atingiram a média de 15,7 milhões de barris por dia, ou seja, 230 mil barris por dia a mais que a média da semana anterior. Os dados são da Agência de Energia americana.

Os estoques comerciais de petróleo bruto dos Estados Unidos (excluindo a Reserva Estratégica) subiram para 8,5 milhões de barris em relação à semana anterior. As projeções apontavam para a queda de 1 milhão de barris. O número ficou acima da alta de 1,3 milhão de barris da semana anterior. Aos 424,2 milhões de barris, os estoques de petróleo bruto dos Estados Unidos estão cerca de 13% abaixo da média de cinco anos para esta época do ano.

Os estoques totais de petróleo comercial subiram para 9,9 milhões barris na semana passada.

A produção de gasolina subiu para perto de 9,7 milhões de bpd e a  produção de combustível destilado ficou em 4,9 milhões de bpd.

As importações de petróleo bruto atingiram, em média, 6,3 milhões de bpd na semana passada, queda de 62 mil bpd ante a semana anterior. Nas últimas quatro semanas, as importações de petróleo bruto atingiram quase 6,1 milhões de bpd, 6,2% a mais que o mesmo quadrimestre do ano passado.

As importações de gasolina para motores, que inclui acabada e componentes de mistura, ficaram, em média, a 695 mil bpd. As importações de combustível destilado atingiram, em média, os 122 mil bpd.

Os estoques de gasolina total caíram para 3,6 milhões de barris na semana passada e estão cerca de 5% abaixo da média dos cinco anos para esta época do ano. Os estoques de gasolina acabada aumentaram e a mistura de componentes diminuíram na semana passada.

Os estoques de combustíveis destilados caíram 0,9 milhão de barris na última
semana e estão cerca de 23% abaixo da média de cinco anos para esta época do ano.

Os estoques de propano/propileno subiram para  3,4 milhões de barris na semana passada e estão cerca de 8% abaixo da média dos cinco anos para esta época do ano.

As refinarias operaram a 90,0% de sua capacidade na semana passada.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.