A Petrobras (PETR4) registrou recordes em sua produção anual de petróleo e na produção total de 2020, que considera tanto óleo quanto gás natural, informou a empresa em comunicado ontem (7).

Segundo a estatal, no ano passado foram produzidos, respectivamente, 2,28 milhões de barris por dia (bpd) de petróleo e 2,84 milhões de barris de óleo equivalente por dia (bpd), superando o recorde anterior, de 2015.

Petrobras (PETR4) assina contrato com RP para vender 50% da BSBios por R$322 mi

A petroleira

A Petrobras acrescentou que a produção no pré-sal totalizou 1,86 milhão de boed em 2020, sendo responsável por 66% do bombeamento total da empresa.

Os volumes da produção anual de óleo e de produção total coincidem com o centro das metas de bombeamento da Petrobras, revisadas em outubro de 2020, e superam em 5% as metas originalmente previstas para o ano, afirmou a petroleira.

No ano passado, apoiado por uma firme demanda externa e o dólar favorável para exportação, o Brasil registrou recorde no volume de petróleo enviado ao exterior, com 70,6 milhões de toneladas, alta de 18,5% na comparação com 2019.

GLP

A companhia confirmou o primeiro aumento do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) este ano, da ordem de 6%, depois de ter reajustado em 5% em 3 de dezembro.

O aumento, válido a partir da quinta-feira, 7, segue a alta do preço do petróleo no mercado internacional, que nesta quarta-feira fechou cotado a US$ 54,30 o barril do tipo Brent. Em 2020, a alta do GLP foi de 21,9%.

A alta afeta tanto o GLP 13 Kg, o chamado gás de cozinha, que será vendido nas refinarias a R$ 35,98 o botijão, correspondente a 46% do preço total, quanto o GLP a granel, utilizado por indústrias, comércio, condomínios, academias, entre outros.

Veja PETR4 na Bolsa:

Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
Petrobras (PETR4): justiça extingue ação de hipoteca judiciária da Previ
  • Só clique aqui se já for investidor
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: