Livro Bege mostra preocupação com uma recessão nos EUA

Vários distritos do Federal Reserve apontaram cautela com a inflação

O Federal Reserve divulgou nesta tarde o Livro Bege, um dos três documentos com o desempenho dos 12 Distritos do banco central. No geral, o documento mostrou que a atividade econômica expandiu-se em ritmo modesto desde meados de maio. No entanto, vários distritos relataram sinais crescentes de desaceleração na demanda, e contatos em cinco distritos notaram preocupações sobre o aumento do risco de recessão.

“A maioria dos Distritos relatou que os gastos do consumidor moderaram à medida que os preços mais altos dos alimentos e do gás diminuíram a renda discricionária das famílias. Devido aos baixos níveis de estoque contínuos, as vendas de automóveis novos permaneceram lentas na maioria dos distritos. Os contatos de hotelaria e turismo citaram a atividade saudável de viagens de lazer, com alguns notando um aumento nas viagens de negócios e em grupo”, destacou o Fed no documento.

Já a atividade de fabricação foi mista e muitos distritos relataram que as interrupções na cadeia de suprimentos e a escassez de mão de obra continuaram a prejudicar a produção. As empresas de serviços não financeiros experimentaram uma demanda estável a ligeiramente mais alta, e algumas empresas relataram que as receitas superaram as expectativas.

Setor Imobiliário

A demanda por habitação enfraqueceu visivelmente, uma vez que as crescentes preocupações com a acessibilidade contribuíram para quedas não sazonais nas vendas, resultando em um leve aumento nos estoques e uma valorização mais moderada dos preços. As condições dos imóveis comerciais desaceleraram.

“A demanda de empréstimos foi mista na maioria dos Distritos. Algumas instituições financeiras relataram um aumento no uso de linhas de crédito rotativas por parte dos clientes, enquanto outras relataram um enfraquecimento da demanda por empréstimos residenciais em meio a taxas de juros de hipotecas mais altas”, enumeraram.

Serviços de Transportes

A demanda por serviços de transporte foi mista e os relatórios sobre as condições da agricultura nos distritos participantes variaram. Embora a demanda por produtos de energia tenha sido robusta e a atividade de perfuração de petróleo e gás tenha aumentado. A produção permaneceu limitada pela disponibilidade de mão de obra e gargalos da cadeia de suprimentos para componentes críticos. À semelhança do relatório anterior, as perspectivas para o crescimento económico futuro eram principalmente negativas entre os distritos inquiridos, com contatos a assinalar expectativas de um maior enfraquecimento da procura nos próximos seis a 12 meses.

Mercados de trabalho

A maioria dos distritos continuou a relatar que o emprego aumentou em um ritmo modesto a moderado e as condições permaneceram apertadas em geral. No entanto, quase todos os distritos notaram melhorias modestas na disponibilidade de mão de obra em meio à demanda mais fraca por trabalhadores, particularmente entre os contatos de fabricação e construção.

“A maioria dos Distritos continuou a relatar crescimento salarial. Um terço dos distritos indicou que os empregadores estavam considerando ou deram bônus aos funcionários para compensar os custos relacionados à inflação, enquanto em dois distritos, os trabalhadores solicitaram aumentos para compensar custos mais altos”, avaliaram. Alguns distritos indicaram que o crescimento salarial permanecerá elevado nos próximos seis meses, enquanto alguns notaram que as pressões salariais devem diminuir ainda este ano.

Preços

Substanciais aumentos de preços foram relatados em todos os distritos, em todos os estágios de consumo, embora três quartos tenham notado moderação nos preços de insumos de construção, como madeira e aço.

Os aumentos nos custos de alimentos, commodities e energia (principalmente combustível) permaneceram significativos, embora houvesse vários relatórios de que a inflação de preços para essas categorias havia desacelerado em comparação com os últimos meses, mas permaneceu historicamente elevada.

Embora vários distritos tenham notado preocupações com o resfriamento da demanda futura, no geral, o poder de preços foi estável e, em alguns setores, como viagens e hospitalidade. As empresas foram bem-sucedidas em repassar aumentos de preços consideráveis ​​aos clientes com pouca ou nenhuma reação. A maioria dos contatos espera que as pressões de preços persistam pelo menos até o final do ano.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.