Klabin: EBITDA fica em R$ 1,84 bi no 2T22

No primeiro semestre deste ano o lucro é de R$1,84 bilhão

A Klabin (KLBN4) apresentou os resultados financeiros do segundo trimestre e também do semestre de 2022. A companhia registrou lucro (prejuízo) de R$972 milhões no 2T22, mas acima do trimestre anterior (R$875 milhões) e também acima do 2T21 (R$719 milhões). No 1S22, o lucro é de R$1,84 bilhão, superior ao mesmo período do ano passado em 62% (R$1,139 bilhão).

A companhia ficou com EBITDA Ajustado de R$ 1,843 bilhão no segundo trimestre de 2022, excluídos efeitos não recorrentes, alta de 2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Já a receita líquida atingiu R$ 5,039 bilhões no 2T22, subindo 24% no comparativo com o mesmo período de 2021. No trimestre anterior, o resultado foi de R$4,422 bilhões. No primeiro semestre, a receita líquida foi de R$9,461 bilhões, ante os R$7,542 bilhões de igual período do ano passado.

O volume de vendas nos meses de abril, maio e junho de 2022, excluindo madeira, ficou acima de 1 milhão de toneladas, beneficiado pela eficiência e flexibilidade operacional, diversificação de produtos e mercados, bem como pelo aumento na produção da primeira máquina de papel do Projeto Puma II, a MP27. O crescimento, no período, foi de 7% no comparativo com o segundo trimestre de 2021.

A geração de caixa da Companhia foi, mais uma vez, beneficiada pelo maior EBITDA e diligente alocação de capital, mantendo o ROIC (Retorno sobre o Capital Investido) dos últimos 12 meses em 18,6%. Dessa forma, a Klabin comprova o sucesso de seu modelo de negócios integrado, diversificado e flexível, que, novamente, permitiu à Companhia aliar crescimento à geração de valor aos acionistas em diferentes cenários de mercado.

Investimentos

No 2T22, a Klabin aportou R$ 1,545 bilhão em suas operações e em projetos de expansão. Do total, R$ 242 milhões voltados às operações florestais, R$ 185 milhões à continuidade operacional das fábricas e R$ 236 milhões em Projetos Especiais e Expansões, destinados principalmente aos projetos aprovados em 2021, à construção do terminal portuário no Porto de Paranaguá, à expansão da unidade Horizonte, no Ceará, além de R$ 118 milhões investidos na compra de florestas estratégicas localizadas em Santa Catarina para expansão futura.

Em relação ao Projeto Puma II, a Klabin desembolsou R$ 882 milhões no segundo trimestre deste ano, alcançando R$ 9,371 bilhões no acumulado total. As obras para a construção da segunda máquina de papel, a MP27, que terá como foco o mercado de cartões, atingiu 47% em medição realizada em 10 de julho.

A Klabin anunciou, em julho, o investimento bruto de R$ 1,57 bilhão, dos quais R$ 200 milhões de impostos recuperáveis, na construção de uma fábrica de embalagens de papelão ondulado em Piracicaba (SP), com capacidade de produzir 240 mil toneladas por ano. Com início de operação previsto para o segundo trimestre de 2024, a Unidade será a mais moderna do segmento no Brasil.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.