Itaú (ITUB4): maiores volumes de crédito permitem crescimento da margem, avalia Ativa

A Ativa Investimentos analisou o ativo Itaú Unibanco (ITUB4) em seu portfólio e considerou que os maiores volumes de crédito permitiram crescimento da margem no quarto trimestre de 2020, conforme relatório encaminhado ao mercado.

Por conta disso, a gestora reajustou o preço-alvo em R$ 30 e o potencial de crescimento está em 3,2%.

“Em linha com as expectativas do mercado, o Itaú apresentou bom resultado trimestral. Como surpresa positiva, destaca-se o aumento QoQ na margem financeira gerencial em função de maiores volumes de crédito. Destacam-se também o aumento na carteira de crédito, principalmente na linha PF, e a redução no custo de crédito, em função de menores despesas com PDD. Por outro lado, os indicadores de inadimplência já mostram sinais de deterioração, que deve se acentuar nos próximos resultados”, elencou o analista Leo Monteiro.

Itaú emite US$500 mi em bônus subordinados sustentáveis, diz jornal

Visão

E disse mais: “temos visão positiva para Itaú. O banco segue expandido sua carteira de crédito e possui bons níveis de provisão. Ainda que a inadimplência já mostre sinais de deterioração e deva piorar na linha PF em 2021, os altos níveis de provisão realizados no primeiro semestre devem permitir que o banco atravesse esse momento com certa tranquilidade. Aliado a isso, vemos um valuation atrativo para o setor, o que consolida nossa recomendação de compra.”

Quanto ao custo de crédito, o analista destacou que a redução de 4,5% se deu por despesas com PDD 11% menores em relação ao terceiro trimestre de 2020. A menor despesa com PDD, por sua vez, aconteceu pela melhora nos ratings dos clientes do Banco Atacado, bem como a menor necessidade de provisionamento para clientes do Banco Varejo.

PF

Outro ponto positivo, o segmento Pessoa Física impulsionou crescimento de carteira de crédito total, com expansão de 2,7% na carteira de crédito total, em função, principalmente, do crescimento nos segmentos Pessoa Física (+7,5%) e MPMEs (+4,1%).

“Destaque para a linha Cartão de Crédito PF, que cresceu 11,3% no trimeste. Já a receita com prestação de serviços apresentou crescimento de 4,1% alavancado pelo aumento na atividade econômica, que permitiu maiores receitas com cartões, e por maiores receitas com taxas de administração.

4TRI20

O Itaú Unibanco (ITUB4) reportou nesta segunda-feira (1) lucro recorrente de quarto trimestre praticamente em linha com as estimativas de analistas.

Segundo a Reuters, o Itaú teve queda de 26,1% no lucro contra um ano antes, a R$ 5,388 bilhões, 1% abaixo da estimativa de consenso dos analistas, de R$ 5,44 bilhões, compilada pela Refinitiv.

Em nota, o novo presidente-executivo do Itaú, Milton Maluhy, disse que, para enfrentar um 2021 desafiador, o banco buscará cortar custos e acelerar o crescimento.

A receita líquida de juros do banco e as provisões para perdas com inadimplência seguiram sob pressão, enquanto as receitas com tarifas e serviços diminuíram.

Sob pressão

A receita líquida de seguiram sob pressão, enquanto as receitas com tarifas e serviços diminuíram em meio à pandemia.

A margem de juros caiu 9,5% ano a ano, principalmente devido a uma mudança na carteira de crédito para linhas de menor risco.

O custo do crédito do banco subiu 3,8% no comparativo anual, para 6 bilhões de reais, mas o banco disse que foi devido a uma provisão para uma empresa.

A carteira de crédito do Itaú cresceu 2,7% no trimestre, impulsionada principalmente por consumidores e pequenas empresas. Seu índice de inadimplência em 90 dias ficou quase estável em 2,3%, mas o banco viu mais inadimplências entre pequenas e médias empresas com o fim de um período de carência.

Custos

No lado dos custos, o Itaú teve aumento de 5,1% nas despesas operacionais, com novas contratações e remuneração variável.

O retorno sobre o patrimônio líquido, um indicador de lucratividade entre os bancos, aumentou 0,4 ponto percentual em relação ao terceiro trimestre, para 16,1%.

Veja ITUB4 na Bolsa

Itaú (ITUB4) espera aval do Fed para constituir nova empresa com participação na XP
  • Só clique aqui se já for investidor

Comentários estão fechados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia mais