Itaú (ITUB4) fecha compra da Avenue Holding Cayman

Desembolso é de quase R$493 milhões

O Itaú Unibanco (ITUB4) comunicou ao mercado, nesta sexta-feira, que fechou contrato com a Avenue Controle Cayman para a compra da Avenue Holding Cayman.

Depois das aprovações regulatórias, o Itaú Unibanco ficará, em um primeiro momento, com  35,0% do capital social total e votante da Avenue, por meio de um aporte de capital de R$160 milhões e da aquisição secundária de ações, que juntos totalizam quase R$ 493 milhões.

Depois de dois anos do fechamento desta primeira etapa, o ITUB4 vai entrar com uma  participação adicional de 15,1%, cujo valor será  determinado a partir de um múltiplo de receita ajustada pré-definido, atingindo o controle com 50,1% do capital total e votante.

“Com isso, depois de cinco da data de fechamento da primeira etapa, o Itaú Unibanco
poderá exercer uma opção de compra para adquirir a participação remanescente detida pelos atuais acionistas da Avenue”, disse o Itaú no comunicado em Fato Relevante à Comissão de Valores Mobiliários.

Avenue Holding Cayman

A Avenue detém uma corretora digital de valores mobiliários norte-americana, constituída há 4 anos para democratizar o acesso de investidores brasileiros ao mercado internacional, e conta atualmente com mais de 229 mil clientes ativos, 492 mil contas habilitadas e, aproximadamente, R$ 6,4 bilhões sob custódia.

Em linha com iniciativas já anunciadas, como a aquisição da Ideal Corretora e o lançamento da plataforma Íon, essa operação reforça a estratégia do Itaú Unibanco em estabelecer um ecossistema de investimentos que prioriza a satisfação do cliente, ao dispor produtos e serviços nos canais mais convenientes para cada perfil.

A oferta dos serviços de intermediação de investimentos da Avenue disponibilizada à extensa franquia de distribuição e base de clientes do Itaú Unibanco permitirá expandir o acesso ao mercado de investimentos no exterior e à funcionalidade de abertura de conta internacional, prover diversificação internacional de produtos e serviços, através de uma experiência simples, ágil e de autosserviço e contar com o talento e expertise dos reconhecidos profissionais da Avenue.

A gestão e a condução dos negócios da Avenue continuarão autônomas em relação ao Itaú Unibanco, que passará a ser mais uma das instituições que disponibilizará aos seus clientes os serviços da Avenue no exterior.

A operação está sujeita à aprovação dos órgãos reguladores aplicáveis nas jurisdições
competentes.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.