Itaú (ITUB4) atinge lucro de R$7,36 bi no 1T22

Carteira de empréstimos subiu 13,9% para R$1,01 trilhão

O Itaú Unibanco apresentou balanço financeiro nesta segunda-feira referente ao primeiro trimestre de 2022.

O lucro líquido ficou em R$ 7,36 bilhões e ROE de 20,4% no 1T22, alta de 2,8% no comparativo trimestral e 15% ao ano. O resultado superou as expectativas do mercado, que estavam na faixa dos R$ 7,25 bilhões.

O resultado antes dos imposto caiu 5,2% no comparativo trimestral e ficou estável ano a ano. O crescimento de lucro veio, em grande parte, da queda do imposto de 20,9% t/t e 24,4% a/a.

A Carteira de empréstimos subiu 13,9% para R$1,01 trilhão em 12 meses, ganho com Pessoa Física, cartões, crédito pessoal e imobiliário (44,5%). Financiamento de PMEs ficou em 29%.

A margem com clientes continuou com um robusto crescimento anual de 23,9% a/a, apesar de crescer somente 0,7% t/t, resultado de menores spreads e menor quantidade de dias corridos. O total foi de R$20,4 bilhões.

Como esperado, o custo de crédito subiu 12,4% no comparativo com o último trimestre e 69,5% a/a, dado ciclo de normalização da inadimplência. O banco segue com a inadimplência (NPL 90d) controlada em 2,6% (+0,1 pp t/t e 0,3 pp a/a).

A receita de serviços subiu 9,6% no comparativo com o mesmo período do ano passado, R$11,6 bilhões, com alta de cartões em 18,6% e de seguros em R$24,1%.

O banco manteve seu guidance, o que nos nossos cálculos pressupõe um bom crescimento de lucro de 14,7% no meio da faixa indicativa.

Se você gostou deste conteúdo e quer continuar por dentro do mundo dos investimentos, não se esqueça de clicar aqui

Entre no nosso grupo de Trade 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.