FMI revisa para cima o PIB do Brasil para 1,7% este ano

PIB Global deve contrair de 3,6% para 3,23%

O Fundo Monetário Internacional – FMI revisou o crescimento econômico do Brasil para este ano. O indicador saiu da alta de 0,8% em abril para 1,7% nesta última leitura. No próximo ano, as projeções saíram de 1,4% para a contração de 1,1%.

Contudo, conforme o relatório de Perspectiva Econômica Mundial, o Brasil deve ficar atrás dos demais emergentes. A América Latina e o Caribe tiveram as revisões elevadas.

O FMI também estimou o PIB global de 3,6% em abril para 3,2% agora. Entre os apontamentos estavam a contração da economia da China e os impactos da guerra na Ucrânia. Para o próximo ano, a contração foi de 3,6% estimado em abril para 2,9% agora.

No comunicado, o órgão destacou as incertezas para o futuro, como uma crise energética, a guerra na Ucrânia, as sanções da Rússia, a inflação galopante no mundo e as pressões monetárias dos bancos centrais.

O relatório foi divulgado hoje nos Estados Unidos.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.