Fitch revisa Outlook de IDRs; PETR4, CMIG3 e RDOR3 estão na lista

Classificação segue a nota do Brasil de negativa para estável

A Fitch Ratings revisou, hoje, a Perspectiva dos IDRs (“Issuer Default Ratings” – Ratings de Inadimplência do Emissor) de diversas empresas brasileiras para Estável, de Negativa, seguindo a revisão da Perspectiva do Rating Soberano do Brasil para Estável, de Negativa. Os ratings de todos esses emissores foram afirmados.

Entre a lista está a Petrobras (PETR4), que tem Score de Relevância de Crédito ESG ‘4’ para Direitos Humanos, Relações Comunitárias, Acesso e Capacidade de Pagamento, devido ao possível impacto de pressões sociais em futuras políticas de preços, o que tem um impacto negativo em seu perfil de crédito e é relevante para os ratings em conjunto com outros fatores.

“A Petrobras possui um Score de Relevância de Estrutura de Governança ‘4’, devido a seu controle majoritário pela União e ao risco de governança inerente a essa configuração. Isto também tem impacto negativo no perfil de crédito e é relevante para os ratings, em conjunto com outros fatores”, disse a Fitch.

A data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 15 de agosto de 2002. A data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 8 de fevereiro de 2022.

Na escolha de energéticas está a Cemig (CMIG3), que possui Score de Relevância de Crédito Ambiental, Social e de Governança (ESG) ‘4’ para Estrutura de Governança.

“A concentração de seu controle acionário, como entidade controlada majoritariamente pelo governo, e aos riscos inerentes a uma governança com um acionista estatal dominante, o que tem impacto negativo no perfil de crédito da empresa e é relevante para os ratings, em conjunto com outros fatores”, escreveram os analistas.

A data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 2 de maio de 2017. A data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 1 de fevereiro de 2022.

A Rede D’Or (RDOR3) São Luiz tem Score de Relevância de Crédito ESG ‘4’ para Relações e Práticas Trabalhistas, devido a litígios trabalhistas e tributários. “A companhia registra seus funcionários (médicos, em sua maioria) como prestadores de serviços, e não como funcionários. Isto tem impacto negativo no perfil de crédito da empresa e é relevante para os ratings, em conjunto com outros fatores”, considerou a Fitch.

A data na qual a classificação em escala nacional foi emitida pela primeira vez: 30 de outubro de 2015. A data na qual a classificação em escala nacional foi atualizada pela última vez: 28 de fevereiro de 2022.

Perspectiva da Fitch

A revisão da Perspectiva desses emissores resulta de sua exposição ao teto-país do Brasil ou de seu vínculo direto com o rating soberano do país. A revisão da Perspectiva do rating soberano para Estável, de Negativa, reflete uma evolução acima da esperada das finanças públicas mesmo com os sucessivos choques desde que a Fitch revisou a Perspectiva para Negativa, em maio de 2020.

“Em 2021, o Brasil registrou seu primeiro superávit fiscal primário desde 2013, com destaque para um desempenho além do esperado das receitas e para o compromisso das autoridades com a retirada dos estímulos implementados para combater os efeitos da pandemia.”

A atividade econômica foi mais resiliente do que as expectativas da agência, que projeta crescimento de 1,4% em 2022, acima do 0,5% projetado anteriormente, refletindo uma recuperação acima da esperada no primeiro trimestre de 2022, reabertura de alguns setores após o auge da pandemia, sólida recuperação de empregos, aumento dos auxílios sociais e elevação de preços das commodities.

“A Fitch acredita que o impacto do significativo aperto na política monetária e que incertezas globais e relacionadas às eleições domésticas deverão restringir o crescimento no restante do ano e em 2023, apesar da resiliência até agora. Os riscos persistem em nossa projeção de crescimento de 1% para 2023”, completou.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.