Plataforma Modalmais apresentou a melhor evolução positiva, 8,2%, e o BTG com 7,2%

FGV Toluna: Modalmais e Itáu em alta

Estudo apresentado nesta terça-feira pelo Centro de Estudos em Finanças da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGVcef), em parceria com a Toluna, revelaram que o Índice de Qualidade de Atendimento de Bancos e Plataformas evoluiu positivamente, com 1,23%, em março de 2022, tendo como base março de 2021. Os bancos tiveram aumento de 0,46%, enquanto as plataformas de 1,76%.

Neste contexto, o Modalmais e Itáu foram os mais bem avaliados nas categorias Bancos e Plataformas, respectivamente. A pesquisa foi realizada entre 4 e 6 de abril, com 500 respostas completas do questionário.

Evolução individual

Com um volume maior que 10 respondentes, o Itaú foi o banco mais bem avaliado pelos clientes em março de 2022, seguido pelo Bradesco e Santander. Mas é interessante ressaltar que em termos de evolução foi também o Itaú que se destacou do lado positivo, com 4,83% de evolução em relação à fevereiro. Já o BB foi o que pior evoluiu, com queda de 5% na sua avaliação.

Nas plataformas, a Modalmais foi a mais bem avaliada, seguida pela Inter e XP. A Clear foi a pior avaliada e a que apresentou a evolução mais negativa com 2,34%. Já Modalmais e BTG foram os melhores em evolução positiva, com 8,21% e 7,20%, respectivamente.

Outros bancos apresentaram evolução negativa nos critérios eficiência, disponibilidade, realização e responsabilidade com destaque para disponibilidade com evolução negativa de -3.50%. As plataformas apresentaram evolução negativa só no critério responsabilidade, com todos os outros com evolução positiva. O destaque fica por conta do critério privacidade com evolução positiva de 3.41%.

Quer investir? É só entrar aqui

Destaques com ganhos
A amostra revela que 47,20% (contra 46,82% de fevereiro) dos investidores que indicaram que usam bancos como primeira opção para investimentos, enquanto 52,80% (contra 53,18% de fevereiro) apontaram plataformas como primeira opção. Os números mostram estabilidade no uso de bancos e plataformas, talvez indicando uma tendência para essa estabilidade. O maior banco, Itaú, responde por aproximadamente 13% da mostra, tendo assumido a posição de banco com maior número de respondentes, anteriormente do Bradesco.

É importante olhar a evolução dos dados no futuro, mas a indicação atual é de prevalência das plataformas como principal caminho para os investidores brasileiros.

Geral

No geral, todos os critérios apresentaram evolução positiva, com exceção de Disponibilidade e Responsabilidade. Privacidade foi o critério com melhor evolução.

Entre as plataformas, a mais bem avaliada foi a Modalmais, que também foi a que apresentou a melhor evolução positiva, 8,2%, seguida do BTG com 7,2%.

Plataformas: Modalmais, Inter e BTG apresentaram evolução positiva.

O IQA busca identificar a qualidade de atendimento em bancos e plataformas, na visão de investidores. Mensalmente (por vezes bimensalmente) é aplicada uma pesquisa em 500 investidores de todo o país.

A pesquisa consta de 36 questões que buscam identificar a visão do investidor em 9 diferentes critérios, que são:

Eficiência: facilidade de uso e organização das ferramentas;
Disponibilidade: problemas e disponibilidade do site do banco/plataforma;
Realização: prazos de concretização das operações;
Privacidade: segurança dos dados/informações;
Responsabilidade: resolução de eventuais problemas;
Aconselhamento: clareza do aconselhamento e resultados obtidos com ele;
Contato: facilidade na resolução de problemas através de contatos pessoais;
Valor percebido: transparência e competitividade dos diversos custos;
Lealdade: recomendação a amigos e parentes.

 

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.