FECHAMENTO: PIB dos EUA e Fed ficam no radar

Ibovespa ficou em queda de 0,96% aos 99.621 pontos

O PIB dos Estados Unidos, que talvez seja um dos indicadores mais importantes da semana, acabou mexendo com os desempenhos de todos os mercados nesta quarta-feira. O indicador, em queda de 1,6%, reforçou ainda mais a percepção de que a maior economia do mundo estaria na iminência de entrar em recessão.

Em Sintra, Portugal, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, tratou de fazer declarações um pouco mais animadoras sobre os rumos da economia e, ao mesmo tempo, citou que o tempo está correndo para combater a inflação.

Com as declarações, os investidores mantiveram os negócios, com os índices de Wall Street fechando estáveis. As bolsas da Europa renovaram as perdas, as asiáticas caíram forte. E, a brasileira, renovou a queda.

O dólar também recuou frente ao real.

Acompanhe o resumo dos mercados

Ásia: o índice Xangai ficou em queda de 1,40% aos 3.361 pontos. O Nikkei 225, bolsa de Tóquio, ficou em queda de 0,91% aos 26.804 pontos.

Europa: o PSI-20, bolsa de Lisboa, ficou em queda de 0,66% aos 6.131 pontos. O CAC-40, bolsa de Paris, caiu 0,90% aos 6.031 pontos.

Estados Unidos: o Dow Jones ficou em alta de 0,27% aos 31.029 pontos. O S&P ficou estável aos 3.818 pontos. O Nasdaq ficou estável aos 11.177 pontos.

Brasil: o Ibovespa ficou em queda de 0,96% aos 99.621 pontos.

Moedas: o dólar caiu 1,39% aos R$5,193 para a venda. O turismo ficou em alta de 0,71% aos R$5,410 para a venda.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

você pode gostar também

Comentários estão fechados.