Lançada em agosto, a ImobCoin, primeira criptomoeda do mercado imobiliário brasileiro, será listada na Exchange chinesa Bibox, 20ª maior corretora de criptomoedas do mundo e uma das mais conceituadas do mercado chinês.

A inserção garante ainda mais segurança para as transações, que são armazenadas na blockchain da rede Ethereum, uma rede de computadores descentralizada que pode gravar transações e produzir contratos inteligentes.

A parceria reforça uma tendência dos últimos anos, a de que a China está atenta ao crescimento do mercado imobiliário brasileiro.

Operações com criptoativos movimentam quase R $ 15 bi no Brasil em julho

Crescimento acima de 20%

Levantamento realizado pela BRAIN Inteligência Corporativa junto à Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) mostra que houve um crescimento acima de 20% na compra de imóveis entre junho e julho deste ano.

Por ser voltado ao mercado imobiliário, a ImobCoin pode ser usada para depósito caução de aluguel, comprar ou alugar um imóvel, distribuir ROI entre franquias imobiliárias e comprar e vender criptoproperties, além de viabilizar e dar suporte a empreendedores que querem transformar imóveis em ativos digitais.

Para resumir o funcionamento do ecossistema da ImobCoin, uma imobiliária que aluga ou vende um imóvel por meio das criptomoedas fica com todo o valor do cashback, que seria parte do dinheiro da compra recebido de volta, enquanto o inquilino teria o desconto do valor que receberia de volta no pagamento. Já o proprietário ganha se optar em ser o detentor da moeda comercializada.

“O objetivo principal da ImobCoin é desintermediar e aumentar a eficiência dos processos de compra e venda de imóveis. Com a entrada na Bibox, uma renomada exchange, garantimos ainda mais segurança para os investidores”, explica Fernando Lopes, advogado curitibano que também é blockchain/IOT developer e assessorou o processo de criação da ImobCoin.

Exchange chinesa Bibox, 20ª maior corretora de criptomoedas, fecha com ImobCoin

Ciclo de lançamento

A cada ciclo de lançamento, 1.000 moedas estão disponíveis, sempre respeitando a última cotação.

Ao todo, serão 1.000 novos ciclos. No mês de setembro, a ImobCoin oferece um bônus de 10% em cashback, por exemplo, comprando 1 unidade (R$ 100), o investidor recebe R$ 10 de volta.

Além disso, a empresa garante ordens de recompra com desconto, em caso de liquidação, para sempre manter o valor da moeda.

Com a regulamentação do Pix, onde qualquer transferência pode ser estornada a qualquer momento, a ImobCoin se torna a maneira mais segura de adquirir imóveis, já que as transações são realizadas pela blockchain e não podem ser revertidas.

https://www.youtube.com/watch?v=1n9iQk1cWMs
Compartilhe

Categorias do artigo

  • Relacionados: