Elon Musk desiste da compra do Twitter; negócio era de US$44 bi

Multa se a transação não for fechada é de US$1 bilhão

Depois de uma novela de meses, o CEO da Tesla Inc, Elon Musk, anunciou a desistência de seu negócio de US$ 44 bilhões na compra do Twitter. Segundo agências internacionais, Musk disse que a direção da rede social não forneceu as informações necessárias para o fechamento do negócio.

Nesta sessão, as ações do Twitter caíram 7%, lembrando que para que a operação ocorresse o preço estipulado era de US$ 54,20 por ação em abril.

Os advogados de Musk disseram que o Twitter se recusou a responder a vários pedidos de informações sobre contas falsas ou de spam na plataforma.

“O Twitter está em violação material de várias disposições desse Acordo, parece ter feito representações falsas e enganosas nas quais o Sr. Musk se baseou ao celebrar o Acordo de Fusão”, disse no documento reportado pela Reuters.

Quando dos primeiros passos para a transação entre Musk e os donos do Twitter, a multa estipulada se alguma das partes desistisse era de US$ 1 bilhão.

Desde abril, o bilionário deu diversas versões sobre a operação, incluindo a percepção de uma recessão econômica nos Estados Unidos. Além disso, Musk demitiu 350 funcionários e fechou uma unidade de produção de peças da Tesla.

À época das primeiras solicitações para a compra, Musk exigiu provas de que contas de spam e bots eram menos de 5% dos usuários que veem publicidade no serviço de mídia social.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqu

Veja também no nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.