C6 Bank liderou lista de reclamações no BCB

Números com atraso foi referente ao primeiro trimestre de 2022

O Banco Central do Brasil -BCB liberou o ranking de reclamações das instituições financeiras do primeiro trimestre deste ano nesta quinta-feira (21/06).

Entre os bancos, financeiras e instituições de pagamentos, o 1º lugar ficou para o C6 Bank (conglomerado) com 1.265 reclamações. Esse número representou a quantidade de irregularidades, associadas às reclamações encerradas no trimestre. O BCB justificou que foi verificado o descumprimento de Lei Federal e em desacordo com regulamentação da autoridade monetária. O C6 Bank contava com 16.218.908 clientes.

Em 2º posto ficou o BTG Pactual/Banco PAN (conglomerado), quando foram 1.290 reclamações no primeiro trimestre. A instituição contava com 18.913.034 clientes e contempla a lista pelos mesmos motivos.

Ainda no contexto de reclamações, o banco Inter ficou em 3º lugar. Foram 833, sendo que o conglomerado somava 17.049.709 clientes.

Entre os cinco maiores bancos do País, o Santander, que contava com 58.048.730 clientes, ficou com 1.589 reclamações e em 5º lugar, seguido do Bradesco, que contava com 102.567.618 clientes e com 2.587 reclamações.

A CAIXA ocupou o 10º posto, com 1.911 reclamações, sendo que a instituição tem 145.044.033 clientes. O BB veio em seguida com 891 reclamações, já que a instituição tinha 72.316.273 correntistas. O Itaú Unibanco ficou em 12º lugar, com 1.136 reclamações, sendo que a instituição tinha 92.631.221 clientes.

Já sobre os digitais, além dos já citados, a 14ª posição ficou para o conglomerado Nubank, que contava no primeiro trimestre com 54.748.336 clientes. O banco ficou com 410 reclamações.

O Banco Modalmais não teve reclamações registradas no BCB no mesmo período.

Divulgação dos dados e o atraso

A divulgação, que estava prevista para ocorrer em 20 de abril, sofreu atraso por conta da greve dos funcionários do BCB.

Pelo mesmo motivo, o cálculo do Ranking de Reclamações do segundo trimestre foi prejudicado, impedindo sua publicação. A próxima divulgação do Ranking de Reclamações será em outubro, relativo ao terceiro trimestre, conforme programação normal.

“Dentro de um processo de reavaliação e aprimoramento do conjunto de rankings, informações relevantes relacionadas ao serviço de ouvidoria das instituições reguladas serão incorporadas ao Ranking de Reclamações, ampliando a precisão e a qualidade da análise. Por isso, e buscando uma maior eficiência dos processos, o Ranking de Qualidade de Ouvidorias foi descontinuado.”

A publicação semestral do Ranking de Reclamações de Consórcios segue inalterada. O próximo, referente ao primeiro semestre de 2022, será publicado na próxima quinta-feira (28/07), conforme cronograma divulgado em 2021.

Gostou deste conteúdo e quer saber mais? É só clicar aqui 

Veja também no nosso blog

 

você pode gostar também

Comentários estão fechados.